Subsecretaria da Pessoa com Deficiência
IRAJÁ GANHA CENTRO DE REFERÊNCIA DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

A unidade, inaugurada no último sábado, já está funcionando


14/05/2012 13:36:00  » Autor: Ariana Apolinário


O Centro Municipal de Referência da Pessoa com Deficiência (CRPD) de Irajá, inaugurado no ultimo sábado (12/05), com a presença do prefeito Eduardo Paes e da secretária Georgette Vidor recebeu hoje a primeira família a se inscrever. Solange Arcoverde Souza esteve esta manhã na unidade com a filha Yasmin, de 16 anos. “Eu estou muito feliz por saber que aqui ela vai receber um tratamento adequado. Essa unidade veio em ótima hora”, comemora a mãe da cadeirante com paralisia cerebral.

                                                                 

A jovem que participou do programa da Rede Globo ‘Bom dia, Rio’ de hoje (14/05) já foi atendida pelo Núcleo de Assistência a Família, o NIAF, e terá além de acompanhamento de profissionais de fisioterapia, fonoaudiologia, terapeuta ocupacional, também fará oficinas de artesanato e música. “Meu Deus, que lindo, eu nunca vi nada assim. Isso é incrível, um ser tão inteligente como a Yasmin não tem que ficar trancada em casa”, completa Solange. 

 

A secretária Georgette Vidor se sente lisonjeada em saber a importância do centro para famílias como a de Yasmin. “Uma estrutura física adequada faz com que a pessoa com deficiência não desanime na caminhada. Ações como esta possibilitam maior qualidade de vida. E nesse caso específico, o intuito é estimulá-la visando melhorias na escola, e também no mercado de trabalho”, conclui. 

 

O local, totalmente preparado para atender pessoas com deficiência, tem como objetivo promover a inserção dessas pessoas à sociedade, além de melhorar a qualidade de vida delas. O espaço abrigará, inclusive, uma sala de apartamento modelo. Com investimento de 4,3 milhões, o centro irá atender cerca de 300 pessoas por dia com deficiência, seja ela auditiva, visual, física e intelectual. 

 

Construído num terreno de cerca de 1.600m², o espaço é composto por ambientes amplos que seguem a lei de acessibilidade universal (conforme ABNT NBR 9050), com pisos táteis de alerta e direcional, rampas com corrimãos e banheiros adaptados. Para o atendimento, o centro conta com salas de oficinas, de atendimento e de fisioterapia. A unidade está equipada também com vestiários, centro de convivência, salas de esporte e cultura, informática, administração, assistência social, reunião, consultórios médicos e auditório. 

 

Os CRPDs possuem equipes multidisciplinares, formadas por fisioterapeutas, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, psicólogos, assistentes sociais, pedagogos, intérpretes de libras e instrutores de oficinas. Além do novo CRPD, ainda há mais dois centros, em Vila Isabel e Campo Grande. Serão construídos outros dois, em Santa Cruz e Jacarepaguá.

 


Imagens relacionadas:
























Serviços Serviços