Fundação Jardim Zoológico da Cidade do Rio de Janeiro - RIOZOO

FECHAMENTO DO RIOZOO

O Jardim Zoológico da Cidade do Rio de Janeiro está com a visitação pública suspensa desde a última quinta-feira, 14, por um embargo do IBAMA.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente realizou na manhã do último sábado,16, uma reunião conjunta no Rio Zoo, para iniciar os ajustes finais para a entrega, ainda nesta semana, do documento que regulamenta o compromisso, junto ao IBAMA, do cronograma de adequações necessárias ao cumprimento das exigências, e assim, solicitar o cancelamento do embargo e o retorno do público, até que seja realizada a transição para o novo modelo de gestão.

A Prefeitura do Rio suspendeu a licitação das obras de readequação do Jardim Zoológico tendo em vista que será publicado na próxima terça-feira, 19, no Diário Oficial do Município, o edital para licitação da concessão ao setor privado para gestão e operação do Rio Zoo.

A partir da concessão para a iniciativa privada, a vencedora terá que investir cerca de R$ 60 milhões para implementar o projeto em um prazo de até dois anos, sendo que as obras emergenciais serão feitas num curto espaço de tempo. O parque receberá todas as obras de revitalização e adequação necessárias para atender as normas vigentes. A reestruturação será feita em uma área de 120 mil metros quadrados. Novas lojas, restaurantes e um novo conceito de parque será adotado, a partir da criação de grandes áreas temáticas: primatas; aves; répteis, anfíbios e insetos; felinos e caninos; ursos; e savana. Os animais não ficarão confinados em recintos exclusivos, como é hoje.

Ressaltamos que os animais não estão em sofrimento, seguem tratados e alimentados, tendo toda a rotina de cuidados preservadas.

 

Serviços Serviços