SMDEI disponibiliza mais de 2.990 vagas de emprego durante a pandemia

08/07/2020 12:09:00


 
 
Em três meses , 1.143 pessoas foram encaminhadas para processos seletivos e 173 conseguiram trabalho
A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação (SMDEI), disponibilizou 2.993 vagas de emprego nos últimos meses, durante o período do isolamento social. Na contramão da recessão causada pela pandemia da covid-19, a equipe de captação de vagas trabalha para buscar oportunidades.
De março a junho, 1.143 pessoas foram encaminhadas para processos seletivos e 173 conseguiram emprego. Samuel Firmino, de 32 anos, por exemplo, foi selecionado para trabalhar como zelador de um prédio residencial no Centro da cidade, depois de um ano desempregado.
- Admito que não esperava conseguir, mas não deixei de buscar. Foi uma surpresa muito boa - conta Firmino, que é casado e pai de uma bebê de sete meses.
A pouca esperança de conseguir um emprego certo, com carteira assinada e benefícios, era uma realidade também para Daniel Modesto, de 36 anos, casado e pai de uma menina de oito anos.
- Estava há dois anos fazendo biscates e tinha acabado de acertar mais um trabalho provisório quando fui chamado para essa vaga. Já passei do período de experiência e estou muito feliz. Agora, é manter meu emprego e seguir em frente - conta ele, contratado para ser zelador.
 
 
Para o motorista André Parise, de 45 anos, voltar ao mercado de trabalho durante a pandemia foi uma feliz surpresa:
- Estava procurando emprego desde o início do ano. Não esperava conseguir, justamente nessa fase. Estou trabalhando com prevenção de perdas, que não é a minha área, mas estou feliz e adorando.
*Para todos os perfis*
As vagas de emprego captadas pela Subsecretaria de Trabalho e Qualificação são para todos os perfis de trabalhadores. O nível de escolaridade varia do ensino fundamental ao superior. Há sempre oportunidades para quem já tem experiência e para quem nunca trabalhou, além de vagas para pessoas com deficiência.
Para o subsecretário Leandro Pereira, a conquista de uma lugar no mercado de trabalho pode representar mudança de vida e de perspectiva para muitos.
- O trabalho pode ser um dos principais fatores que influenciam diretamente a nossa felicidade, pois oferece não só a renda indispensável para a sobrevivência e a autonomia, como também um sentido extra para a vida - afirma Leandro.
*Primeiro emprego*
 
 
Há três anos buscando emprego, o universitário Alan Oliveira dos Santos, de 18 anos, conseguiu sua primeira oportunidade de trabalho por meio da SMDEI. Ele agora é empacotador numa redes de supermercados.
Aluno de Matemática, Alan está cheio de planos, e ninguém duvida que o jovem irá alcançar.
- Comecei a trabalhar no dia 24 de junho. Meu maior objetivo é conseguir terminar minha faculdade, e esse trabalho permite que eu concilie as duas atividades. Também sonho em dar o melhor para minha família – afirma Alan.
Para Alessandra Sant Anna, de 21 anos, a oportunidade de ingressar no mercado de trabalho, também, veio quando não esperava.
_ Me senti muito feliz, pois sem experiência estava difícil e com essa pandemia ficou mais ainda, mas graças a Deus e com a ajuda do pessoal da secretaria, que me deu todo apoio, consegui _.
O primeiro emprego vem junto com planos para o futuro.
_ Ter minha independência financeira e, principalmente, terminar meus cursos de Estética, começar minha faculdade, me formar ... são minhas principais metas _, planeja.
*Quase lá*
Aos 21 anos, a estudante de Enfermagem Luana Galm está prestes a iniciar no seu primeiro emprego. Ela já foi aprovada e está no período de treinamento. A oportunidade para Luana também veio durante a pandemia.
- Minhas aulas pararam e eu decidi começar a procurar emprego. Foi uma surpresa ter conseguido. Estou muito feliz e me preparando para desempenhar bem minha função - conta ela, que vai trabalhar com Telemarketing.
*Desistir nunca*
Samuel, Alan, Luana, André e tantos outros que conseguiram a tão sonhada vaga de emprego concordam que fácil não é, mas tem que persistir para um dia acontecer. E Alan resume muito bem esse sentimento.
- Tem que tentar, sem desistir. Não é fácil conseguir, mas depois que consegue, novas portas se abrem - diz ele.