Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro

Prefeito abre campanha de cirurgias de lábio leporino em Vila Isabel

02/10/2017 12:05:00  » Autor: Fotos: Mariana Ramos


O prefeito Marcelo Crivella abriu, nesta segunda-feira (02/10), a 3ª Campanha Nacional de Fissura Labiopalatina (o chamado lábio leporino), no Hospital Municipal Jesus, em Vila Isabel, Zona Norte da cidade. Ao todo, 34 cirurgias estão previstas em pacientes dos hospitais municipais Jesus e Nossa Senhora do Loreto, na Ilha do Governador. A iniciativa tem como objetivo reduzir o tempo de espera nas filas pela cirurgia.

 

- Aqui estão reunidos a Uerj, UFRJ e o Loreto, sob a liderança do Hospital Municipal Jesus. Também estamos com o apoio de uma ONG americana chamada Smile Train. Tudo isso para atender dezenas de crianças, não só do Rio, mas também de outros municípios ao redor, e até do Norte Fluminense. (Estamos) devolvendo a elas o sorriso e a alegria de viver - afirmou Crivella.

 

A cada ano, cerca de 4.300 crianças nascem com fissuras no Brasil. A secretária Karine Pires Barreto de Almeida descobriu ainda na gravidez que sua filha Manuella, agora com quatro meses, nasceria com lábio leporino. Como mora em Campos, no Norte Fluminense, ela teve que largar o trabalho para cuidar da criança.

 

- Seu mundo cai, né? Toda mãe quer que o filho nasça perfeito. Começamos o tratamento há dois meses e fomos muito bem acolhidas aqui no hospital. Graças a Deus está dando tudo certo.

 

A campanha é promovida pela ONG Smile Train, organização mundial sem fins lucrativos para a causa da fissura, em parceria com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e a Fundação Ideah. O Brasil é um dos sete países participantes da campanha. A Smile Train atua e realizará as cirurgias também em Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador e Peru. A ação tem como objetivo principal aumentar a conscientização pública sobre a fissura labiopalatina, reunindo renomados profissionais da área no esforço de alcançar mais pacientes que necessitem de cuidados.

 

As equipes médicas das duas unidades municipais vão trabalhar juntas, em ação apoiada por profissionais do Centro de Tratamento de Anomalias Craniofaciais (CTAC), da UERJ, que funciona na Policlínica Piquet Carneiro, no Maracanã. 

 

Serão operadas crianças e adolescentes com idades entre cinco meses e 17 anos. A ação também serve para treinamento e aperfeiçoamento dos profissionais da rede. Os materiais utilizados nas abordagens cirúrgicas, como fios e outros insumos, foram doados pela ONG.

 

O Hospital Municipal Nossa Senhora do Loreto, por meio do Centro de Tratamento de Fissuras Labiopalatinas (CEFIL), é uma das principais referências brasileiras no tratamento dessa patologia. Na unidade, a criança recebe acompanhamento integral desde que sai da maternidade até o final da adolescência, com tratamento cirúrgico, de ortodontia (aparelho), fonoaudiologia, psicologia, entre outras especialidades. 

 

Nos oito primeiros meses deste ano, 252 procedimentos cirúrgicos foram realizados no CEFIL em pacientes fissurados. 


Imagens relacionadas:










Serviços Serviços