Transparência da Mobilidade

Rio+Fácil



Transparência da Mobilidade




 
Prefeitura do Rio instala Conselho Municipal de Transporte

04/09/2013 19:10:00  » Autor: Ricardo Albuquerque/Fotos: Beth Santos


Os 12 integrantes do Conselho Municipal de Transporte participaram, nesta quarta-feira (04/09), da reunião inaugural do órgão, com a presença do prefeito Eduardo Paes. Criado em junho pelo decreto nº 37.301, o conselho tem como objetivo elaborar diretrizes para política de mobilidade, analisar e propor medidas de concretização das políticas públicas sobre transportes e fiscalizar a implantação dessas iniciativas. 

 

Ficou decidido que o primeiro tema de trabalho será transporte público. Entre os itens a serem tratados estão o nível de qualidade do s serviços e a integração física e tarifária entre os modais . A próxima reunião será realizada na última semana de setembro e as demais acontecerão a cada dois meses para análise das sugestões levantadas pelos participantes.

 

Composto por representantes do poder público e da sociedade civil, a proposta do conselho é aprimorar o planejamento, fluidez, economicidade e dar mais transparência aos projetos de mobilidade urbana e racionalização dos transportes, considerando a dimensão das obras que vêm sendo realizadas no Rio, a exemplo da implantação de corredores expressos de ônibus (BRTs e BRS) e do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). 

 

— O conselho faz parte de um pacote de ações que anunciamos há dois meses, quando houve as manifestações, para melhorar o transporte público na cidade.  Já implantamos também o site da transparência da mobilidade, os conselheiros terão acesso e prioridade a todas as informações — garantiu Paes. 

 

Segundo Carlos Roberto Osório, secretário municipal de Transportes e presidente do Conselho, para o próximo encontro, no fim do mês, vão ser convocadas concessionárias e agências para discutir a melhoria do transporte público. 

 

— Foi uma decisão importante do conselho porque o foco é melhorar a qualidade do serviço. O conselho é paritário com diversas associações, participam desde as que têm interesse no transporte de bicicleta até entidades como o IAB (Instituto de Arquitetos do Brasil), que pensa a cidade como um todo. A grande força do conselho é a sua diversidade — explicou o secretário.

 

Nesta primeira reunião, os conselheiros tiveram acesso às informações principais sobre o sistema de transporte do Rio de Janeiro e conheceram o desenvolvimento do setor nos últimos 60 anos, com base em dados históricos.  

 

Integram o conselho representantes das secretarias municipais de Transporte, Meio Ambiente, Urbanismo, Conservação e Serviços Publicos, Pessoa com Deficiência Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida,; da Guarda Municipal; da CET-Rio; da Empresa Olímpica Municipal; da Secretaria Estadual de Transportes; do Detran; do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus (Sintraurb), do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea); do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB); das universidades UFRJ e PUC; do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), e das ONGs Rio Como Vamos, Transporte Ativo, Instituto e Politicas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP). 


Imagens relacionadas:


» site2








Serviços Serviços

Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro