Transparência da Mobilidade
 
 
 
 
Transparência da Mobilidade
 
 
Prefeito participa da diplomação dos escritórios de arquitetura vencedores do Concurso Morar Carioca

As equipes serão contratadas pela Prefeitura, a partir de março deste ano, para atuar na urbanização de 91 assentamentos


28/01/2011 15:19:00


Foto: Beth SantosO prefeito Eduardo Paes diplomou nesta sexta-feira, 28, ao lado do presidente do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), os 40 escritórios de arquitetura vencedores do “Concurso Morar Carioca: conceituação e prática em urbanização de favelas”. A cerimônia foi realizada na sede da entidade, no Flamengo, e também reuniu o secretário municipal de Habitação, Jorge Bittar; o secretário municipal de Urbanismo, Sérgio Dias; e o coordenador-geral do concurso, Luiz Fernando Janot, entre outros convidados. Na ocasião, também foram contemplados com Menção Honrosa outros 13 projetos.


Na disputa, foram selecionados os escritórios que vão atuar a partir de março pela Prefeitura na urbanização de mais de 90 assentamentos, nas cinco áreas de planejamento (AP) da cidade. Em seu discurso, o prefeito do Rio destacou o momento atual, de grandes e benéficas transformações no Rio de Janeiro.

 

- O Rio é, de fato, um lugar muito especial. Temos enorme orgulho de nossa cidade, que vem passando por grandes mudanças. Estou certo de que o Morar Carioca pode nos conduzir à solução para os problema de habitação do Rio. Portanto, só posso dizer que é muito bom poder trabalhar com uma instituição tão respeitada e competende como o IAB
-disse Eduardo Paes, ressaltando que os projetos vencedores precisam se adequar ao orçamento do Município.Foto: Beth Santos

 

- Quando discutimos com o IAB a realização desse concurso, destacamos a importância de se estabelecer metas possívels de serem cumpridas. Além disso, é importante que os escritórios se atenham à questão do orçamento para que possamos licitar logo as obras e cumprir os prazos -.

 

O presidente do Instituto dos Arquitetos do Brasil, o arquiteto Sérgio Magalhães, falou sobre a importância do concurso, bem como da parceria com o Município.

 

- O concurso chega hoje a uma fase importantíssima, da qual nos sentimos honrados pelo esforço dos arquitetos que chegaram até aqui. A seleção reuniu 812 participantes de alto nível, que provocaram uma reflexão monumental sobre moradia popular no Brasil. E essa discussão poderá contribuir, em muito, para outros debates e estudos nas universidades mais importantes do mundo. Por isso, agradeço à Prefeitura do Rio por seu reconhecimento ao nosso trabalho, e, como cidadão, por sua meta de integrar toda a cidade através de projetos maravilhosos como o Morar Carioca - disse Sérgio Magalhães.

 

 

Foto: Beth Santos

O secretário municipal de Habitação, Jorge Bittar, também destacou a importância do Concurso Morar Carioca.

 

- Trata-se de um momento histórico para nossa cidade, de vivenciar possibilidades que jamais estiveram tão próximas de nós. Queremos integrar o Rio de Janeiro não apenas sob o ponto de vista fisico, mas também sob a lógica sócio-econômica e cultural. Vencida essa etapa do concurso, creio que percorremos um caminho importante rumo à dignidade e à qualidade de vida da população do Rio - concluiu Bittar.

 

Para divulgar todos os projetos e idéias que participaram da seleção, foi lançado o Catálogo de Metodologia do Concurso Morar Carioca, distribuído hoje a todos os vencedores. Além da publicação de 480 páginas, o IAB sedia exposição com os trabalhos vencedores do concurso.


Saiba mais sobre o Programa Morar Carioca:

 

O programa integra o Plano de Legado Urbano, Ambiental e Social das Olimpíadas de 2016 e tem como meta urbanizar todas as favelas do Rio de Janeiro até 2020 - um investimento de R$ 8 bilhões (sendo R4 2 bilhões nos próximos dois anos). Foto: Beth Santos

 

Entre as áreas que serão beneficiadas estão as comunidades vizinhas e situadas até 4 km das futuras instalações olímpicas, como as do Complexo dos Cabritos e Tabajaras (Copacabana e Botafogo), Vila Vintém e adjacências (Padre Miguel) e todas as comunidades no entorno da Cidade de Deus (Jacarepaguá).

 

Texto: Flávia David
Fotos: Beth Santos


Imagens relacionadas:

















Serviços Serviços

Vídeos Vídeos


  • Autovistoria

Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro