Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro

Atleta de base do Flamengo recebe alta do Centro de Queimados do Hospital Pedro II

03/03/2019 17:30:00


Depois de chegar ao Hospital Pedro II, em Santa Cruz, com mais de 30% do corpo com queimaduras de segundo e terceiro graus no dia 8 de fevereiro e ser atendido 24 horas por dia, durante 23 dias, por uma equipe de saúde composta por 12 profissionais, o atleta do Flamengo Jhonata Ventura, de 15 anos, recebeu alta neste domingo (3) do Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) da unidade. Por decisão do clube, o paciente continuará o tratamento em um hospital particular da Barra da Tijuca.

 

Segundo o boletim médico divulgado pelo Hospital Pedro II pouco antes da transferência do jogador, que foi vítima do incêndio que atingiu o Centro de Treinamento do Flamengo e matou 10 atletas da base, Jhonata "encontrava-se em bom estado clínico, apresentando lesões cicatrizadas na face, região cervical, dorso e membro superior esquerdo; o paciente permanece com a indicação para manter uso de antibióticos e troca de curativos em membro superior e na mão direita, região mais acometida e apresenta lenta cicatrização". Assinam o boletim o Dr. Carlos Alberto Júnior, diretor médico do Pedro II, e a Dra. Bianca Ohana, chefe do CTQ.

 

 - Foi muito gratificante para toda a equipe acompanhar a evolução do quadro. É a sensação de mais um dever cumprido da equipe. Atuamos com plantonistas 24 horas por dia de cirurgia geral, cirurgia vascular e ortopedia, além de outras especialidades. O Jhonata, por exemplo, foi avaliado por todas essas especialidades mais de uma vez - destaca Carlos Alberto Júnior.

 

Foto: Divulgação/SMS

A equipe multidisciplinar do CTQ é composta por cinco médicos ( um intensivista, um cirurgião plástico, um anestesista, dois clínicos gerais), um fisioterapeuta, um enfermeiro e três técnicos, além de um psicólogo e um terapeuta ocupacional.

 

O Hospital Municipal Pedro II se consolidou como referência no município do Rio como unidade de excelência no tratamento de pacientes queimados, serviço que só é oferecido em unidades públicas de saúde. O hospital da Zona Oeste oferece, por meio da Central Municipal de Regulação, 17 vagas no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) da unidade, sendo 7 leitos intensivos e 10 intermediários. O Pedro II também é o único que disponibiliza leitos pediátricos. O cuidado a pacientes queimados também é oferecido nos hospitais Municipal Souza Aguiar e Federal do Andaraí.

 

- O CTQ do Pedro II presta um atendimento especializado a pacientes vítimas de queimaduras e nossos profissionais são atreinados para o acolhimento humanizado aos pacientes. Em geral são casos muito graves e esse apoio e fundamental. A recuperação do Jhonata nos anima e nos indica que estamos no caminho certo - afirma a secretária municipal de Saúde, Beatriz Busch.

 

E casos graves, como o do jogador do Flamengo, não encontram unidades de excelência na rede privada de saúde.

 

Foto: Divulgação/SMS

 

- Somos referência de um serviço que não é oferecido fora do SUS (Sistema Único de Saúde). Os casos mais comuns de queimadura no CTQ são por líquidos quentes, produtos inflamáveis, chama direta e as provocadas por correntes de eletricidade, todos os cuidados com a dedicação integral de cirurgiões plásticos, clínicos, intensivistas, pediatras e anestesistas, além de fisioterapeutas e fonoaudiólogos e equipes de enfermagem e técnicos de enfermagem, todos coordenados por uma cirurgiã plástica especialista em queimados - acrescenta Carlos Alberto Júnior.

 

Jhonata Ventura ficou internado durante 23 dias, após incêndio no CT do clube que matou 10 garotos da base.  


Imagens relacionadas:










Serviços Serviços