Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro


Semana da Campanha de Cirurgias de Fissura Labiopalatina

03/10/2017 10:10:00


A Prefeitura do Rio participa esta semana da 3ª Campanha Nacional de Fissura Labiopalatina, promovida pela ONG Smile Train, organização sem fins lucrativos para a causa da fissura labiopalatina (o chamado lábio leporino) no mundo. Ao todo, 34 cirurgias estão previstas em pacientes dos hospitais municipais Jesus, em Vila Isabel,voltado para especialidades pediátricas, e Nossa Senhora do Loreto, na Ilha do Governador, que é referência regional para o tratamento integral de pacientes fissurados.

 

A campanha faz parte da Semana de Fissura da América do Sul. O Brasil é um dos sete países participantes da campanha. A Smile Train atua e realizará as cirurgias também em Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador e Peru. O objetivo principal da ação é aumentar a conscientização pública sobre a fissura labiopalatina, reunindo renomados profissionais da área no esforço de alcançar mais pacientes que necessitem de cuidados.

 

Os procedimentos nas duas unidades da rede municipal de saúde iniciaram nesta segunda-feira (2). Em cada um dos dois hospitais estão previstas 17 cirurgias. As equipes médicas das duas unidades trabalham em conjunto e a ação também tem a participação de profissionais do Centro de Tratamento de Anomalias Craniofaciais (CTAC), da UERJ, que funciona na Policlínica Piquet Carneiro, no Maracanã.

 

Serão operadas crianças e adolescentes com idades entre cinco meses e 17 anos. A ação também serve para treinamento e aperfeiçoamento dos profissionais da rede. Os materiais utilizados nas abordagens cirúrgicas, como fios e outros insumos, foram doados pela ONG.

 

O Centro de Tratamento de Fissuras Labiopalatinas (CEFIL) do Hospital Municipal Nossa Senhora do Loreto é uma das principais referências brasileiras no tratamento dessa patologia. Na unidade, a criança recebe acompanhamento integral desde que sai da maternidade até o final da adolescência, com tratamento cirúrgico, de ortodontia (aparelho), fonoaudiologia, psicologia, entre outras especialidades. Nos oito primeiros meses deste ano, 252 procedimentos cirúrgicos foram realizados no CEFIL-HMNSLoreto em pacientes fissurados.


Imagens relacionadas:










Serviços Serviços