Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro

 

Projeto "Com Gosto de Saúde"

 

Desde 1956, o Instituto de Nutrição Annes Dias (INAD) é responsável pelo planejamento, supervisão e avaliação da execução do Programa de Alimentação Escolar em toda a rede municipal de ensino do Rio de Janeiro. O marco referencial da escola promotora de saúde, proposto pela Organização Mundial de Saúde, apresenta para a área de alimentação e nutrição a possibilidade de redimensionar as ações desenvolvidas no cotidiano escolar, valorizando o Programa de Alimentação Escolar como estratégia de promoção da saúde; contextualizando as práticas de educação nutricional numa perspectiva mais ampla de construção da cidadania e adequando os espaços relacionados à alimentação (ex.: cozinhas, refeitórios, cantinas), com vistas a torná-los mais coerentes com um ambiente escolar saudável. É neste contexto que surge o projeto Com Gosto de Saúde, com o intuito de fomentar o desenvolvimento de ações educativas sobre alimentação e nutrição junto à comunidade escolar. 

 

O projeto "Com Gosto de Saúde", integrante da iniciativa Promoção de Saúde na Escola, consiste na produção e disponibilização de materiais educativos para as 1.030 escolas municipais do Rio de Janeiro, que abrangem aproximadamente 700.000 alunos e 40.000 professores de ensino fundamental.

 

 

Objetivos

 

1. Subsidiar educadores em atividades pedagógicas sobre alimentação, saúde e nutrição no cotidiano escolar.


2. Promover a saúde da comunidade escolar divulgando hábitos alimentares e estilos de vida saudáveis.


3. Valorizar a dimensão educativa do Programa de Alimentação Escolar.


4. Subsidiar profissionais de saúde da rede municipal na abordagem sobre alimentação saudável, facilitando a integração local entre unidade de saúde e escola.

 

 

Pressupostos

 

• A alimentação como direito humano e, portanto, como componente fundamental de promoção da saúde.

 

• A segurança alimentar e nutricional, isto é, o acesso a alimentação adequada em quantidade e qualidade, como requisito básico para a afirmação plena do potencial de desenvolvimento físico, mental e social de todo ser humano.

 

• O reconhecimento de que a alimentação está situada em um contexto de vida, em um processo histórico e é parte da cultura de um povo.


• A participação ativa do sujeito e da comunidade no controle de suas condições de alimentação e saúde.

 

 

Temas enfocados

 

O projeto, lançado em fevereiro de 2000, propõe a abordagem de oito temas, definidos a partir das diretrizes da Política Nacional de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde. São eles:

 

Alimentação & Cultura: apontar os aspectos culturais da alimentação e relacionar a diversidade da culinária brasileira às características culturais de cada região do Brasil.

Baixe aqui.

 

Alimentação Saudável: valorizar a relação da alimentação com a saúde, partindo do pressuposto da alimentação como direito humano, e informar sobre as características nutricionais dos diferentes grupos de alimentos a fim de favorecer escolhas alimentares saudáveis.

Baixe aqui.

 

Aleitamento Materno: promover a amamentação como uma prática determinada biológica e culturalmente, que precisa ser aprendida e apoiada e apontar as vantagens nutricionais, imunológicas e afetivas do aleitamento materno.

Baixe aqui.

  

Obesidade e Desnutrição: informar sobre como uma alimentação saudável pode contribuir para um peso saudável e melhor qualidade de vida, partido do respeito às diferenças entre as pessoas.

Baixe aqui.

  

Atividade Física: estimular a prática de atividade física regular no cotidiano das pessoas e relacionar esta prática a melhores condições de saúde e vida.

 

Alimentação na Escola: incentivar a alimentação saudável na escola e valorizar o Programa de Alimentação Escolar como uma estratégia de promoção de saúde da comunidade escolar.

 

Segurança Alimentar e Nutricional: valorizar a alimentação como direito humano e discutir a questão do acesso à alimentação em quantidade suficiente e com qualidade controlada, em uma perspectiva de direito do cidadão e do consumidor.

 

Cuidados consigo, com o outro e com o ambiente: apontar os principais cuidados individuais para a promoção da saúde e incentivar o cuidado nas relações entre as pessoas e com o ambiente em que convivem visando mais saúde e melhor qualidade de vida.

 

 

Materiais produzidos

 

Para cada um dos temas, estão previstos um vídeo dirigido aos escolares e um material impresso de apoio ao educador. Este material é composto por um texto de aprofundamento sobre o assunto e por sugestões de atividades, que privilegiam o aspecto lúdico do aprendizado. As sugestões de atividades estão divididas em: lista de atividades práticas individuais e/ou coletivas (teatro, música, trabalhos de artes plásticas, redações, visitas, pesquisas, organização de exposições, entrevistas etc.); atividades prontas, que o professor só precisa reproduzir para os alunos (quebra-cabeças, palavras-cruzadas, cartas enigmáticas, jogos etc.) e sugestões de textos literários (contos, poesias, letras de músicas), que versem sobre o tema em questão.

 

A proposta é que os alunos assistam ao vídeo e, em seguida, o educador selecione atividades que motivem a discussão do tema e a sistematização das mensagens abordadas no vídeo. Ambos os materiais podem, a princípio, ser utilizados em todas as séries do ensino fundamental, já que o vídeo motiva para discussões que podem ser aprofundadas de acordo com a maturidade da turma, que o texto de aprofundamento é direcionado ao educador e que as sugestões de atividades exploram diferentes habilidades e podem ser adaptadas à faixa etária de interesse.

 

Uma das principais características deste projeto é o processo coletivo de construção destes materiais. O núcleo principal deste processo é composto por representantes do Instituto de Nutrição Annes Dias; das Gerências do Programa de Saúde do Escolar, da Criança, do Adolescente, da Mulher; da Coordenação de Doenças Crônicas; da Coordenação de Saúde Bucal; da Superintendência de Saúde Coletiva, órgãos da Secretaria Municipal de Saúde; e do Projeto de Educação Ambiental e Saúde da Secretaria Municipal de Educação, estrutura do nível central desta secretaria que coordena e articula práticas pedagógicas de grande interface com a proposta de promoção de saúde na escola.
 



Serviços Serviços