Secretaria Municipal de Obras - SMO
Mobilidade urbana: conheça os corredores de BRT

05/04/2015 11:38:00


Os corredores de BRT Transcarioca, Transoeste e Transolímpica e Transbrasil formam um anel viário de cerca de 155 quilômetros de alta performance na cidade, tornando-a totalmente interligada. O sistema proporciona uma mobilidade mais inteligente, dinâmica, segura e sustentável para a população carioca.
 
 
Transoeste
 
Primeiro BRT da cidade, totalmente segregado do tráfego geral, o BRT Transoeste é composto por linhas expressas e paradoras, incluindo os três terminais Alvorada, Santa Cruz e Campo Grande, estando em operação desde 2012. Com 52 Km de extensão, a linha, que liga Santa Cruz e Campo Grande ao Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, reduziu inicialmente o tempo de viagem dos passageiros em 40%, com 95% deste corredor expresso entregue.
 
A última etapa da Transoeste (Lote Zero) operou durante as Olimpíadas e Paralimpíadas e liga o Terminal Alvorada ao Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca, integrando com a Linha 4 do metrô. A estimativa de redução do tempo de viagem é de 50% neste trecho. 
 
Transcarioca
 
 
A Transcarioca é o primeiro corredor de alta capacidade no sentido transversal da cidade.  O sistema de BRT (Bus Rapid Transit), em funcionamento desde 2014,​ atende importantes bairros cariocas das zonas norte e oeste como Curicica, Taquara, Tanque, Praça Seca, Campinho, Madureira, Vaz Lobo, Vicente de Carvalho, Vila da Penha, Penha, Olaria e Ramos.
 
Dividida em dois lotes – trecho Barra da Tijuca x Penha e Penha x Ilha do Governador – a Transcarioca possui números expressivos: são 39 km de extensão, com 10 viadutos (sendo um estaiado), nove pontes (duas estaiadas), três mergulhões, 47 estações, cinco terminais – Alvorada, Taquara, Tanque, Madureira e Fundão.
 
Única obra de mobilidade do Rio de Janeiro prevista na Matriz de Responsabilidades para a Copa do Mundo de 2014. O sistema reduziu em mais de 60% o tempo gasto no trajeto entre os dois bairros, permitindo também a integração aos outros modais (trem, metrô e ciclovias) ao longo da via.
 
Transolímpica
 
Com 26 km de extensão, o corredor expresso liga o Recreio dos Bandeirantes a Deodoro. A estimativa é de que o tempo de viagem seja reduzido em 60%, beneficiando 70 mil passageiros por dia, e comportando até 55 mil veículos diariamente na via expressa, com BRT. A Transolímpica ainda tem ligação com a Transcarioca, em Curicica, e com a Transoeste, no Recreio dos Bandeirantes.
 
O projeto inclui a duplicação das avenidas Salvador Allende e Abelardo Bueno, bem como a abertura de novos caminhos pelo Maciço da Pedra Branca, através de um túnel com quatro emboques. Ao todo, o BRT conta com 18 estações, contabilizando o trecho do entorno do Parque Olímpico. 
  
Transbrasil
 
Um corredor expresso de ônibus articulados ao longo da Avenida Brasil, desde Deodoro até o Centro da cidade, passando também pelas avenidas Presidente Vargas e Francisco Bicalho, na altura do Instituto de Traumatologia (Into).
 
O BRT Transbrasil vai estabelecer um sistema de transporte de alta capacidade entre as zonas Oeste, Norte e o Centro da cidade. 
 
O corredor deverá ter 28 quilômetros, com sete terminais (Deodoro, Margaridas, Missões, Fundão, Gasômetro, Américo Fontenelle e Presidente Vargas), ao todo, 20 estações e 17 passarelas. A expectativa é de que sejam atendidos 820 mil passageiros por dia, sendo o BRT que provavelmente terá maior demanda entre todos já projetados e implantados no mundo.

Imagens relacionadas:










Serviços Serviços