Limpar filtro

O que é o CEI ou o CO (Código de Obra)? Como acho esses códigos?

Por meio do Sistema da Nota Carioca, os prestadores de serviços da construção civil devem realizar o cadastramento de suas obras e registrar a entrada e saída dos materiais de cada obra, com objetivo de comprovar as deduções utilizadas nas emissões das NFS-e. As notas referentes a serviços relacionados à construção civil devem, obrigatoriamente, informar o identificador da obra (Matrícula CEI ou Código de Obra), previamente cadastrado no sistema através do REMAS Eletrônico (Registro Eletrônico de Entrada de Materiais).

Em alguns casos determinados pela legislação federal, os responsáveis por uma obra de construção civil estão obrigados a realizar o cadastro da obra junto à Receita Federal. Quando isso é feito, a obra recebe um número específico, o CEI – Cadastro Específico do INSS.

Para saber mais acesse: http://idg.receita.fazenda.gov.br/home

 

Toda vez que o responsável pela obra ou terceiros que prestam serviços vinculados àquela obra forem emitir uma Nota Carioca, deverão utilizar sempre o CEI da obra fornecido pela Receita Federal.   

Caso a obra não tenha a obrigação legal de cadastro junto à Receita Federal, mesmo assim deverá ter o CO. – Código de Obras. Neste caso, cada prestador de serviço deverá, no Livro Remas, criar um código para a obra. Será um código individualizado para obra e deverá ser utilizado o mesmo sempre que for emitida uma nota de serviço prestado para aquela obra. O Código de Obra, deverá possuir um identificador alfanumérico, iniciado por “CO”. Exemplo: CO 001

Atenção: Não se admite, em hipótese alguma, a alteração do CEI nem do Código de Obra. Se um deles foi cadastrado erradamente, será necessário fazer um novo cadastro no sistema da Nota  para a mesma obra, com o indicador correto