Secretaria Municipal de Fazenda - SMF

 REGULAMENTO PONTOS FIXOS – CARNAVAL 2020

 

 

Art. 1° As autorizações dos pontos fixos para exercício no CARNAVAL 2020 serão concedidas a pessoas físicas, mediante sorteio público, maiores de 18 anos, residentes no Município do Rio de Janeiro.

 

§1º Serão alocados até 100 (cem) pontos fixos, nas áreas públicas correspondentes a II e III regiões administrativas (entorno da passarela do Samba Prof. Darcy Ribeiro- Sambódromo).

 

§2° A autorização apenas dará direito ao uso da área pública por meio de barracas padronizadas, conforme art.4º desta Resolução, durante o período do evento.

 

§3° Não será concedida, em nenhuma hipótese, autorização para interessados que não tenham participado do certame.

 

Art. 2º Ato próprio do Coordenador de Controle Urbano confirmará o quantitativo de vagas existente para o comércio ambulante durante o CARNAVAL 2020, e definirá a localização dos pontos fixos correspondentes com a respectiva identificação numérica bem como horário e dias de funcionamento das barracas.

 

Parágrafo único.  A ordem e a numeração dos pontos fixos não serão baseadas em critérios qualitativos.

 

DAS INSCRIÇÕES:

 

Art. 3° Os interessados em participar do certame para o exercício do comércio ambulante autorizado em pontos fixos durante o carnaval 2020 deverão realizar sua inscrição de forma online, no site http://www.rio.rj.gov.br/web/smf através do link: http://jeap.rio.rj.gov.br/je-sorteio/inscricao/226, conforme o período constante no Anexo que acompanha o presente Ato.

 

§1° Somente será admitida uma única inscrição por pessoa física, sendo vedada a inscrição de um mesmo auxiliar para mais de um ponto sorteado, sob pena de exclusão do candidato.

 

§2° Os inscritos deverão apresentar documentação comprobatória que será exigida conforme o art.6º desta resolução. A não apresentação dentro dos prazos previstos excluirá o candidato do certame.

 

§3° Efetivada a inscrição, e caso seja constatado o descumprimento de requisitos fundamentais por parte do candidato, a autoridade competente da Coordenadoria de Controle Urbano providenciará a sua exclusão sumária do sorteio.

 

§4° Será permitido ao titular da autorização contar com um único auxiliar no exercício da atividade, que poderá substituí-lo ou representá-lo no momento da ação de fiscalização, desde que seu nome conste na autorização.

 

§5º A inclusão do auxiliar deverá ser realizada no momento da inscrição do titular, devendo observar as informações no sistema de inscrição. Sendo vedada sua substituição ou inclusão após a efetivação da inscrição.

 

DO SORTEIO

 

Art. 4° O sorteio público das vagas estabelecidas, entendidas por aquelas regulares e por aquelas que comporão um cadastro de reserva, será realizado, exclusivamente por meio eletrônico, conforme data e horário em Anexo desta Resolução.

 

§1º O resultado com a divulgação dos candidatos sorteados, será disponibilizado no site onde se efetuou a inscrição, após o sorteio, bem como informações sobre divulgação e convocação de candidatos, em época própria durante o processo do certame.

 

§2° Serão sorteadas um total de 300 inscrições, sendo as primeiras 100 para as vagas regulares 200 para compor o cadastro de reserva.

 

§3° As ordens de escolha dos pontos fixos serão atribuídas de acordo com a cronologia do sorteio;

 

§4° No caso do não preenchimento de todas as 100 vagas, após a convocação dos candidatos sorteados para vagas regulares e do quadro de  reserva, serão convocados os inscritos por ordem de inscrição até que sejam completadas as vagas destinadas.

 

§5° Não será admitida a transferência de pontos entre candidatos sorteados, ainda que haja concordância entre ambos.

 

DA ESCOLHA DOS PONTOS E ENTREGA DE DOCUMENTOS

 

Art. 5º Ato próprio do Coordenador de Controle Urbano publicará edital, convocando os candidatos sorteados das vagas regulares para escolha dos pontos.

 

Art. 6º A escolha dos pontos e a apresentação dos documentos (originais e cópias), abaixo relacionados, dos candidatos sorteados das vagas regulares, e dos auxiliares deverá ser realizada na sede da Coordenadoria de Controle Urbano (Rua Ministro Hélio Beltrão, nº 50 - Cidade Nova, RJ) para instrução do processo administrativo, conforme data e horário relacionado em Anexo.

 

I - Comprovante de inscrição;

 

II - Carteira de identidade expedida por órgão competente (RG);

 

III - Carteira do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF);

 

IV - Comprovante de residência no Município do Rio de Janeiro em nome do próprio, expedido nos últimos três meses da data da inscrição;

 

V - 01 foto colorida tamanho 5x7 do candidato a titular da inscrição e no caso de haver auxiliar, deverá apresentar 01 foto do mesmo padrão;

 

Parágrafo único. Na hipótese de o requerente não possuir comprovante de residência em seu nome nos termos definidos no inciso IV deste artigo, poderá ser aceita declaração emitida por associação de moradores em papel timbrado próprio devidamente carimbado ou ainda, contrato de locação registrado.

 

Art. 7ºA Coordenadoria de Controle Urbano publicará edital de convocação dos sorteados para participar de palestras educativas, conforme data e horário relacionado em Anexo, ocasião única, em que terá a oportunidade de retirar as respectivas guias para o pagamento da Taxa de Uso de Área Pública - TUAP e demais documentos necessários.

 

§1° O sorteado para a vaga correspondente, que não comparecer à palestra, não comprovar o pagamento da TUAP e / ou não apresentar os documentos e a(s) foto(s) exigida(s) no art. 6º desta Resolução, será automaticamente excluído do certame.

 

§2° Em qualquer caso, fica assegurado o direito recursal no prazo estabelecido em edital.

 

§3° Os sorteados para o cadastro de reserva poderão ser eventualmente convocados, em caso de desistência ou ocorrência de quaisquer motivos que ensejem o não preenchimento de vagas.

 

§4° A ordem de convocação, dos candidatos constantes do cadastro de reserva, será a do próprio sorteio.

 

Art. 8º Um novo edital da Coordenadoria de Controle Urbano tornará público, conforme data e horário relacionado em Anexo, a relação dos candidatos excluídos do sorteio com os motivos que originaram a respectiva exclusão e a relação de pontos fixos não preenchidos; bem como convocará os candidatos constantes do cadastro de reserva, observados a classificação por ordem no sorteio público, em consonância com o número de vagas existentes.

 

Parágrafo único. Os candidatos convocados do cadastro de reserva, bem como os candidatos a auxiliares, se subordinarão às mesmas obrigações constantes no § 1º do art. 7º desta Resolução, em prazos definidos em novo edital de convocação.

 

Art. 9º O pagamento da TUAP deverá ser comprovado pelos candidatos das vagas regulares, conforme data e horário relacionado em Anexo, na sede da Coordenadoria de Controle Urbano (Rua Ministro Hélio Beltrão, nº 50 - Cidade Nova, RJ)

 

DO EXERCÍCIO:

 

Art. 10° As atividades somente serão desempenhadas por meio de barracas padronizadas nas dimensões de 3,0m X 3,0m, de estrutura tubular metálica sanfonada, que deverão possuir cobertura e saia de cor azul, sem babado.

 

§1° Todo e qualquer tipo de apoio logístico ou operacional, incluindo o fornecimento de água e luz, bem como os serviços de aquisição ou locação, montagem e desmontagem dos equipamentos, será de inteira responsabilidade do titular da autorização, respeitando a legislação em vigor, não cabendo à Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro qualquer tipo de ônus.

 

§2° Não será permitida a montagem de qualquer equipamento diverso do especificado, sob pena de apreensão sumária dos equipamentos e mercadorias.

 

§3° A aquisição de barracas só não será de responsabilidade do titular da autorização no caso de fornecimento por patrocinador, escolhido por processo de seleção pública a cargo da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, se houver.

 

Art. 11 A guia da TUAP (paga) e o Cartão de autorização deverão ficar expostos permanentemente nas barracas, em local visível à população e deverão ser apresentados à fiscalização sempre que solicitados.

 

Parágrafo único: O não cumprimento poderá acarretar em sanções administrativas (multas, apreensões ou cancelamento da autorização).

 

Art. 12 As autorizações para o exercício do comércio ambulante durante o CARNAVAL 2020 serão concedidas em caráter precário, pessoal e intransferível, podendo ser revogadas a qualquer tempo, por motivo de interesse público, por ato da Secretaria de Fazenda.

 

Art. 13 É VEDADO o funcionamento das barracas autorizadas, nos períodos em que as vias de circulação estiverem liberadas ao tráfego de veículos.

 

Art. 14 Ao término do prazo de desmontagem e liberação dos logradouros públicos, a fiscalização da Coordenadoria de Controle Urbano realizará, por meios próprios, a desmontagem das barracas, a apreensão de todo o material, mercadorias e equipamentos.

 

Art. 15 Todas as mercadorias a serem comercializadas pelo comércio ambulante autorizado durante o CARNAVAL 2020 deverão respeitar o disposto na Lei n° 1.876/1992, suas atualizações e na Lei nº 6.272/2017.

 

§1° É vedada a utilização de churrasqueiras.

 

§2° Fica proibida a comercialização e/ou utilização de recipientes de vidro (garrafas, copos, etc.).

 

§3° Fica vedada a utilização de equipamentos de propagação sonora, tais como amplificadores, aparelhos de som, "home theaters", "DVDs", etc.

 

§4° É proibida a colocação de faixas, "banners", placas, tabuletas e similares em qualquer parte externa das barracas, não podendo constar também nomes ou designações do comerciante ambulante, nem publicidade diferente daquela estabelecida pelo patrocinador do evento, se houver.

 

§5° A tabela   de   preços   dos   produtos   comercializados   deve   estar afixada em local visível ao público, na parte frontal dentro dos limites da barraca, em tamanho máximo de 50x30cm.

 

§6° Todo e qualquer equipamento utilizado pelos comerciantes ambulantes deverá permanecer instalado dentro dos limites da barraca.

 

Art. 16 A atividade de comércio ambulante abrangida por esta Resolução se subordina aos ditames previstos na Lei 1.876, de 29 de Junho de 1992, suas atualizações e pela Lei nº 6.272, de 01 de Novembro de 2017, sujeitando-se os eventuais infratores à aplicação das sanções administrativas previstas, notadamente, a multa e, em caso de reincidências, a apreensão de todos os equipamentos e das mercadorias.

 

Art. 17 Os casos omissos serão resolvidos pela Secretária Municipal de Fazenda ou a quem for delegada competência expressa.

 

Art. 18 Esta Resolução entrará em vigor na data da sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

 

ANEXO

 

INSCRIÇÕES ONLINE - a partir das 11:00 h do dia 06 de janeiro até as 15:00 h do dia 08 de janeiro

 

SORTEIO PÚBLICO - Às 11:00 h do dia 10 de janeiro

 

PUBLICAÇÃO E CONVOCAÇÃO DOS SORTEADOS EM DIÁRIO OFICIAL - 14 de janeiro

 

INTERPOSIÇÃO DE RECURSOS - 15 de janeiro

ENTREGA DE DOCUMENTOS E ESCOLHA DOS PONTOS POR ORDEM DE SORTEIO (1º AO 100) - Às 10:00 h do dia 21 de janeiro 2020 (30 minutos de tolerância)

 

ENTREGA DE DOCUMENTOS E ESCOLHA DOS PONTOS POR ORDEM DE SORTEIO (101° AO 200°) - Às 10:00 h do dia 22 de janeiro 2020 (30 minutos de tolerância)

 

ENTREGA DE DOCUMENTOS E ESCOLHA DOS PONTOS POR ORDEM DE SORTEIO (201° AO 300°) - Às 10:00 h do dia 23 de janeiro 2020 (30 minutos de tolerância)

 

PUBLICAÇÃO DE EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA PALESTRA - 28 de janeiro

 

PALESTRA - Às 10:00 h do dia 30 de janeiro

 

COMPROVAÇÃO DE PAGAMENTO DAS TAXAS - 03 e 04 de fevereiro

 

PUBLICAÇÃO DA EXCLUSÃO DOS CANDIDATOS QUE NÃO COMPARECERAM A PALESTRA E CONVOCAÇÃO DOS CANDIDATOS DO CADASTRO DE RESERVA PARA RETIRADA DA TUAP - 06 de fevereiro

 

RETIRADA DAS TUAPS - Às 10:00 h do dia 10 de fevereiro

 

COMPROVAÇÃO DE PAGAMENTO - 11 e 12 de fevereiro

 

PUBLICAÇÃO DOS CANDIDATOS EXCLUIDOS POR NÃO RESGATAREM A TUAP E PUBLICAÇÃO DOS PONTOS PREENCHIDOS (PLANTA) - 14 de fevereiro

 

MONTAGEM DAS BARRACAS - a partir das 00:00h do dia 21 de fevereiro

 

 

INSCREVA-SE AQUI



Serviços Serviços