Crianças fogem da rotina escolar e gravam programa de TV "inesquecível"

Escola que teve vídeo viralizado nas redes sociais participa de gravação do Fantástico


05/06/2017 12:35:00  » Autor: fotos: Hélio Melo


 

No dia 26 de maio, ao escutarem os primeiros disparos na comunidade Três Pontes, localizada no bairro de Paciência, na Zona Oeste da cidade, as professoras rapidamente transferiram seus alunos das salas de aula para o corredor da unidade. É o espaço mais seguro da escola, quando acontecem tiroteios. A cena se repete em muitas escolas da Rede Municipal, mas no Ciep Roberto Moreno ganhou um diferencial que comoveu as redes sociais.

 

É que o professor de música, Roberto Ferreira, que há dez anos leciona na escola, sacou novamente seu violão e ali mesmo, no corredor, começou a dedilhar suas composições acompanhadas em coro pelos estudantes. A professora Marcelle Camargo, que já tinha gravado apresentações dos alunos em outros espaços da unidade, decidiu filmar a cena pela primeira vez. Parte da letra dizia "Música, brindes e cores/Sonhos de um mundo melhor/Força criança, criança esperança/Fé que levanta o astral".

 

 


Ao ver o vídeo, naquele mesmo dia, o secretário municipal de Educação, César Benjamim publicou as imagens na sua rede social. O vídeo emocionou e viralizou. Foram mais de 254 mil visualizações e sete mil compartilhamentos. Durante toda a semana, o professor deu entrevistas para os principais jornais impressos, televisões e sites do país. Na última sexta-feira (dia 2), o docente e as turmas do 2º e 3º anos, as mesmas que dividiram o corredor no dia do tiroteio, participaram de uma gravação no estúdio do programa Fantástico, da Rede Globo.

 

 

 

 

 

 

 

 

O dia fora da rotina escolar já começou na ida até os estúdios, no bairro do Jardim Botânico. A maioria dos 35 alunos nunca tinha saído do bairro de Paciência. O itinerário passou pela Barra da Tijuca, São Conrado, Gávea e Lagoa Rodrigo de Freitas. Ao avistarem o Cristo Redentor começaram a cantar "Jesus Cristo", canção de Roberto Carlos. Na passagem pela sede do Flamengo vibraram.


Os estudantes junto com o professor Roberto gravaram a abertura do programa cantando a música que os tornou conhecidos. Ao final, interagiram com os apresentadores Tadeu Smith e Poliana Abritta. No dia anterior, uma equipe de reportagem do jornal foi até a unidade para gravar a matéria exibida em cadeia nacional.

 

 


"A ficha ainda está caindo de tudo que aconteceu conosco nesta última semana. Antes de virmos para cá reunimos as crianças e fizemos um ensaio para aprimorar os sinais de LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais). O que estamos vivendo é um momento único e especial. Durante o trajeto até aqui viemos cantando todo o repertório" relatou o professor Roberto.


Encantados com as luzes e a quantidade de câmeras e pessoas no estúdio, os alunos prestavam atenção em cada detalhe. Para Gustavo Henrique Silva, de 8 anos, a gravação foi muito legal. "Estou ansioso para me ver na TV. Já avisei para todos os meus amigos". Nycole Araújo, também de 8 anos disse que vai lembrar desse dia com muito carinho. "Toda a viagem até aqui foi ótima e a gravação foi inesquecível".

 

 

Criança Esperança


Quero a esperança da boca que canta e sorri pra mim

Quero o calor e a vida, brincar e também ser feliz

Para brotar do meu peito

Dentro do meu coração

Muita alegria, mil fantasias

Paz e mais compreensão

Música, brindes e cores

Sonhos de um mundo melhor

Força criança, criança esperança

Fé que levanta o astral.