Secretária de Educação lança campanha de prevenção às drogas para alunos das escolas da prefeitura

27/04/2011 16:58:00  » Autor: Fernanda Reis


A secretária Municipal de Educação, Claudia Costin, acompanhada pelo secretário Municipal de Assistência Social, Rodrigo Bethlem, e pela coordenadora do Programa de Prevenção a Dependência Química do Gabinete do Prefeito, Silvia Pontes, lançou, nesta quarta-feira (dia 27), uma Campanha de Prevenção às Drogas nas escolas da rede municipal de ensino. O intuito da campanha é alertar os alunos sobre os prejuízos do uso das drogas em geral. O lançamento da campanha foi marcado pela distribuição da cartilha “Somos um. Somos todos”, aos alunos e professores da Escola Municipal Orsina da Fonseca, na Tijuca. A cartilha tem como objetivo universalizar a cultura de prevenção às drogas entre os alunos do 6°ao 9° ano e do Programa de Jovens e Adultos (PEJA) das escolas da prefeitura. Cerca de 300 mil alunos de 478 unidades vão receber o material.

A cartilha, além de ser distribuída aos alunos, será trabalhada nas escolas por meio de encontros com os Coordenadores pedagógicos, que orientaram os professores como utilizá-la entre os alunos. A cartilha “Somos um. Somos todos” foi produzida em parceria com as Secretarias Municipal de Assistência Social, de Saúde e Defesa Civil, Coordenadoria Especial de Promoção da Política de Prevenção à Dependência Química do Gabinete do Prefeito e da Multirio.

Durante a cerimônia de lançamento da campanha e da cartilha “Somos um. Somos todos”, a secretária Claudia Costin destacou a importância do trabalho de prevenção que será feito com os alunos da rede.

- Queremos que esses jovens se conscientizem dos problemas que as drogas acarretam na vida de uma pessoa, por isso a campanha será trabalhada durante todo o ano letivo pelos professores de 6º ao 9º ano. Dentro da campanha, um material de linguagem bem jovem que informa de forma clara e objetiva, foi distribuído aos alunos. A SME trabalha para que os jovens do Ginásio Carioca sejam protagonistas de sua própria vida, realizem seus sonhos e se tornem profissionais bem sucedidos e as drogas interferem negativamente nesse processo - declarou a secretária.

Para incentivar a campanha nas unidades escolares, a Multirio produziu cinco peças gráficas cujo tema é a prevenção das drogas, elas serão distribuídas e transmitidas por todas a rede municipal de ensino. Uma das peças foi transmitida em um telão para os alunos durante a cerimônia. Com o título “Crie coragem de ser você mesmo”, o filme mostrou a como a droga prejudica a vida social do usuário.

O secretário de Assistência Social, Rodrigo Bethlem, afirmou que a conscientização sobre os problemas que as drogas causam, é imprescindível para a formação dos alunos da rede.

- As drogas são um dos maiores problemas que o Rio de Janeiro possui, são as drogas, pois elas provocam inúmeras conseqüências ruins, tanto na saúde do usuário quanto no incentivo ao crime. É muito importante trabalhar essa campanha nas escolas, para que os jovens tenham consciência de que um usuário de droga não consegue se tornar uma pessoa bem sucedida – ressaltou o secretário.

A coordenadora do Programa de Prevenção a Dependência Química, Silvia Pontes, destacou que o trabalho de prevenção feito por meio da cartilha é fundamental para a vida desses jovens estudantes.

- O mais importante realmente é trabalhar a prevenção. A droga pode entrar na casa de qualquer pessoa, mas ela só é procurada por quem busca preencher algum vazio, por isso os alunos da rede municipal têm todo seu tempo ocupado com muitas atividades, cultura, música, arte – afirmou a coordenadora.

Desde o início da atual gestão, a Secretaria de Educação vem realizando uma série de atividades sobre o tema, como a realização de encontros para professores, responsáveis e alunos nas escolas da Prefeitura. Este ano, será realizado mais uma vez o concurso “Tirando a droga de cena”, que em 2010 selecionou os 15 melhores vídeos, produzidos por alunos do 4º ao 9º Anos, sobre prevenção às drogas.

Entre as ações nas unidades escolares, também estão encontros com representantes dos Grêmios Estudantis, dando ênfase à prevenção ao uso do crack e palestras para os alunos das escolas atendidas pelo Programa Saúde Escola. Todo o trabalho realizado conta com a parceria das Secretarias Municipais de Saúde e Defesa Civil e de Assistência Social.


Imagens relacionadas:


» site2







» site1