Prefeitura garante computadores para todos os alunos do 2º segmento da rede

A compra dos computadores será realizada através de convênio com o governo federal


27/12/2010 18:04:00  » Autor: Joana Martins


O prefeito Eduardo Paes, acompanhado pela secretária Municipal de Educação, Claudia Costin, assinou nesta segunda-feira (dia 27), no Palácio do Planalto, em Brasília, um convênio com o Governo Federal para aquisição de computadores portáteis para as escolas da rede municipal. Na presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do ministro da Educação, Fernando Haddad, o prefeito Eduardo Paes garantiu a compra de 112 mil computadores para os alunos municipais, por meio de linha de crédito do BNDES, através do programa Um Computador por Aluno (PROUCA). Com o convênio, todos os 246 mil alunos do segundo segmento (6° ao 9° anos), de 397 escolas, terão computadores nas salas de aula.

 

A chegada dos novos equipamentos irá garantir um computador por aluno nas 45 escolas do Ginásio do Amanhã, localizadas em área de risco, e um computador para cada três alunos nas demais escolas de segundo segmento (6° ao 9° anos). Para a secretária de Educação, Claudia Costin, esse acordo tornará as aulas do segundo segmento mais instigantes e também ajudarão no reforço digital.

 

– Os alunos dos anos finais gostam de lidar com as novas tecnologias. Com a possibilidade de ter computadores nas salas, os alunos poderão utilizar todas as ferramentas da Educopédia, que além de instrumentalizar o professor, tem toda uma linguagem que fala diretamente com nossos adolescentes. A Educopédia foi preparada pelos próprios professores da rede municipal com base nas orientações curriculares da Secretaria e possui aulas de todas as disciplinas estruturadas com jogos, vídeos, podcasts – afirmou a secretária, Claudia Costin.

 

Para o prefeito Eduardo Paes, o acordo é mais uma ação que contribuirá para o salto de qualidade da Educação.

 

– Vamos transformar o Rio na cidade brasileira com o maior número de computadores por aluno. Teremos, no mínimo, um computador para cada três alunos, o que é um avanço fantástico nessa revolução que a cidade do Rio já faz há dois anos na educação – destacou o prefeito.

 

Os equipamentos, que serão adquiridos através de linha de crédito do BNDES, vão possuir tela de cristal líquido, conexão à internet e acesso à rede sem fio.

 

Educopédia

 

A Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro e o Oi Futuro, instituto de responsabilidade social da Oi, lançaram, em parceria, a Educopédia - uma plataforma de aulas digitais de cada disciplina, com material de suporte aos professores, planos de aula, jogos pedagógicos e vídeos, com o objetivo de tornar o ensino mais atraente e mobilizador para crianças e adolescentes, além de instrumentalizar o professor. Além disso, a Educopédia é mais uma alternativa para o reforço escolar e para os alunos que faltaram às aulas ou que não compreenderam o conteúdo ensinado.

 

O projeto, que conta com o apoio do Grupo de Informática Aplicada à Educação no Núcleo de Computação Eletrônica da UFRJ, fornecerá um vasto material educativo online para alunos e professores da rede pública de ensino da cidade, que poderão consultar essas informações de qualquer computador e a qualquer hora, através do endereço eletrônico www.educopedia.com.br .

 

As atividades da Educopédia incluem planos de aula de todas as disciplinas, de acordo com as orientações curriculares da Secretaria Municipal da Educação. O programa oferece uma opção rápida e fácil para professores que desejam integrar tecnologias à suas aulas. As disciplinas estarão divididas em 32 aulas digitais, que correspondem às semanas do ano letivo.

 

Ginásio do Amanhã

 

As 45 escolas de segundo segmento (6° ao 9° anos), que integram o programa Escolas do Amanhã, destinados às escolas localizadas em áreas de risco da cidade, ganharão a partir de 2011, o programa Ginásio do Amanhã. Com o novo programa, as escolas ganharão:

 

- Material estruturado em apostilas com conteúdo pedagógicos e exercícios, preparados por professores da rede municipal especialmente para adolescentes

 

- Uso de novas tecnologias para tornar as aulas mais dinâmicas e atraentes.  Em cada sala haverá um projetor para a utilização da Educopédia, que também poderá ser acessada pela internet.  Esta plataforma de aulas digitais é composta por vídeos, jogos educativos, questionários, informações sobre profissões, entre outras atividades.

 

- Bibliotecas compostas por um acervo atraente para a faixa etária, inclusive com material de pesquisa de profissões e grandes clássicos da literatura.

 

- Incentivo ao protagonismo juvenil, através de atividades em cineclubes, jornais, rádios escolares, círculos de leitura.


Imagens relacionadas: