LIMA ENTRE NÓS - Lima entre nós é espetáculo solo com o ator Leandro Santanna, sobre a obra de Afonso Henriques de Lima Barreto, suas angústias como cidadão brasileiro, e as questões sociais de seu tempo. Teatro Municipal Maria Clara Machado, na Gávea. De 7 a 30 de junho, sextas e sábados às 20h e domingos às 19h. Valor: R$30. Classificação: 12 anos.


FELIZES PARA SEMPRE? - A princesa Anaís entra em um universo diferente e encontra um rapaz, com quem se identifica de imediato. Os dois tentam sair do local, e eles precisam descobrir como voltar à Terra. Teatro Municipal Maria Clara Machado, na Gávea. De 8 a 30 de junho, sábados e domingos, às 17h. Valor: 40. Classificação: Livre.


BORANDÁ - No palco os atores se dividem para contar três histórias de migrantes que vivem na capital de São Paulo. Teatro Municipal Maria Clara Machado, na Gávea. De 12 de junho a 4 de julho, quartas e quintas, às 20h. R$30. Classificação: 14 anos.


NÓ - O balé Nó é um marco na trajetória de Deborah Colker. Foi quando ela "virou a esquina", como diz. Interrompeu sua premiada investigação sobre movimento e espaço para mergulhar naquilo que vê como "a tragédia e a complexidade dos impulsos humanos". O tema de Nó é o desejo. Teatro Municipal Carlos Gomes, no Centro. De 7 a 23 de junho, quinta e Sexta às 20h e sábado e domingo às 18h. Valor: R$40. Classificação: Livre.


MAÇÃ COMEDY - Espaço aberto para as mais diversas vertentes da arte e da

cultura no Rio de Janeiro, a Lona Cultural Terra é uma grande polarizadora

de teatro nas suas mais variadas apresentações. O ‘stand-up comedy'

também tem seu espaço garantido no palco da Lona; e a trupe do Maçã

Comedy se apresenta para alegrar a noite no nosso território. Lona Cultural Municipal Terra, em Guadalupe. Dia 8 de junho, sábado, às 20h. Valor: R$30. Classificação: 14 anos.


ABRAÇOS QUE SUFOCAM - Uma mulher, dois corpos. Desejos, escolhas, pressões, posses e a linha tênue entre si mesma e os outros. A trama explora os processos psicológicos pelos quais a mulher é submetida dentro do ciclo de um

relacionamento abusivo. Dos vários estágios de violências às consequências internas e externas, o espetáculo discute a noção de si e do outro construída em meio aos efeitos do abuso do parceiro e da opinião pública sobre o papel da mulher nessa relação. Arena Carioca Carlos Roberto de Oliveira - Dicró, na Penha. Dias 1 e 2 de junho, às 19h. Valor: R$20. Classificação: 16 anos.


CONEXÃO DA COMÉDIA - O Espetáculo reúne comediantes dos mais diferentes gêneros do Humor. Existe sempre uma comunicação da comédia com o que vem acontecendo no dia-a-dia, sendo futebol, personalidades ou até mesmo fatos comuns com um olhar diferente e descontraído. Arena Carioca Carlos Roberto de Oliveira - Dicró, na Penha. Dias 29 e 30 de junho, às 19h. Valor: R$20. Classificação: 14 anos.


UMANAMENTE - O espetáculo é uma investigação cênica sobre os medos e as dificuldades de cada jovem, em cena usamos os mais diversos traumas como material de investigação. Através de tais estudos queremos trazer uma reflexão da

importância da arte da vida de diversos jovens. Arena Carioca Abelardo Barbosa - Chacrinha, em Guaratiba. Dias 1 e 2 de junho, sábado, às 19h e domingo, às 18h. Valor: R$20. Classificação: 16 anos.


O MONSTRO DO SERTÃO DE NOTRE-DAME - Um espetáculo adaptado do clássico de Victor Hugo, que mostra a grande realidade sobre os preconceitos e intolerância religiosa. Arena Carioca Abelardo Barbosa - Chacrinha, em Guaratiba. Dia 29 de junho, sábado, às 19h. Valor: R$20. Classificação: 12 anos.

Horário: sábado, 19h.


CANTORAS DO RÁDIO - Esse espetáculo tem o poder de comover, ensinar e inspirar. Aos mais jovens a graça de uma belíssima aula e aos mais velhos o sonho de rever o tempo que não passou, pois a verdadeira arte não tem idade. Areninha Carioca Renato Russo, na Ilha do Governador. Dia 8 de junho, às 19h. Valor: R$20. Classificação: Livre.


AMORES E(M) RISCO -  O espetáculo promove um diálogo entre dança e acrobacia, e aborda as relações amorosas em diferentes formas, gestos e nuances. Areninha Carioca Renato Russo, na Ilha do Governador. Dia 28 de junho, às 19h. Valor: R$10. Classificação: 14 anos.


VENDE-SE UMA GELADEIRA AZUL - Em meio à discussão entre os irmãos sobre o que fazer com a herança deixada pela avó, uma geladeira azul velha, surgem lembranças,

disputas, afinidades e sentimentos relacionados aos anos vividos na casa. Junto a isso, está presente a incapacidade latente de se aproximarem uns dos outros e, até mesmo, de se amarem para além das diferenças do passado e do presente. Areninha Carioca Hermeto Pascoal, em Bangu. Dia 2 de junho às 19h. Valor: R$30.


MUSICAL BEZERRA DE MENEZES - Bezerra de Menezes é um grande missionário da Doutrina Espírita, mas, paradoxalmente, sua vida é pouco conhecida. Como político, criou projetos a frente de seu tempo. Como chefe de família, casou-se duas vezes, tendo tido 15 filhos, alguns dos quais desencarnaram antes do pai. Areninha Carioca Gilberto Gil, em Realengo. Dia 2 de junho, às 17h. Valor: R$40.


AGÔ - O espetáculo entrelaça, de forma poética na cena, movimentos, imagens, poesias e falas que percorrem o cotidiano de atores sociais afrodescendentes, relacionando-os com a linguagem da dança contemporânea, por meio de uma investigação coreográfica que busca intensificar e diversificar as possibilidades desse encontro. Teatro Municipal Ziembinski, na Tijuca. De 1 a 7 de junho, sextas e sábados, às 19h, e domingo, às 18h. Classificação: 16 anos. Valor: R$20.


PIADARIA CARIOCA - Espetáculo de humor com os comediantes Eduardo Ravenna, Paulo Fernando Mello e Fernando Ribeiro (Cabeção). Lona Cultural Municipal Carlos Zéfiro, em Anchieta. Dia 15 de junho, às 20h. Valor: RS20.


O VISITANTE NOTURNO - Um escritor em crise se hospeda numa cidade pequena para escrever seu livro. Recebe a visita de Machado de Assis que passa a ajudá-lo em seu projeto. O escritor, então, sempre acompanhado de seu guia, aventura-se

na criação de seu romance no qual se torna ao mesmo tempo autor e personagem.

Memorial Municipal Getúlio Vargas, na Glória. Dia 02 de Junho, às 15h30. GRÁTIS.


UM ICEBERG EM COPACABANA -  O ano é 2026 e o herói tem que sair da casa de uma senhora em Copacabana para ir comprar cigarros. Mas, como vai fazer se virou tudo mar? É a mini era do gelo, tão anunciada no Youtube, que irá congelar o hemisfério norte e deixar o hemisfério sul no maior calor. Memorial Municipal Getúlio Vargas, na Glória. Todas as sextas, às 19h. Valor: R$40.


THIAGO VENTURA EM POKAS - Thiago Ventura está em seu terceiro show solo de stand up comedy "Pokas". Neste novo projeto ele conta histórias sobre os seus últimos anos como comediante de stand up. Fala da liberdade de expressão, livre

arbítrio, sexualidade, drogas, dogmas e da vida pessoal, sempre com seu inconfundível estilo de quebrada. Centro Cultural João Nogueira - Imperator, no Méier. Dia 04 de junho, às 21h30. Valor: R$80.


INOCENTES DE IPANEMA - Irmãos que pouco se conhecem se reencontram no enterro da mãe em um bom humorado conflito familiar envolvendo um mistério. Centro Cultural Municipal Oduvaldo Vianna Filho - Castelinho do Flamengo, no Flamengo. Dias 1 e 2 de junho. Sábado às 19h, e domingo, às 18h. Valor: R$40.


CAVALOS - Uma peça performática acerca de uma pergunta central: O amor dói? O espetáculo transpõe para o palco sobre como se desenvolvem as relações amorosas. Centro Cultural Municipal Oduvaldo Vianna Filho - Castelinho do Flamengo, no Flamengo. Dias 3, 4, 10 e 11 de junho, às 19h. Valor: Contribuição consciente.



O HÉTERO - O monólogo conta com muito humor a história de Fulano de Tal, nordestino, artista e sonhador. Um homem comum, que sai pelo mundo numa jornada de autoconhecimento e aceitação de si mesmo, trazendo consigo a pluralidade da cultura popular brasileira e flertando com a cultura do repente, do cordel e das influências midiáticas da televisão na década de 90, chegando até os dias de hoje. Teatro Municipal Café Pequeno, no Leblon. De 1 a 17 de junho, De sexta a segunda, às 20h30. Valor: R$40. Classificação: 16 anos.


TA AZOR: A LUCIDEZ DE ARTAUD - Antonin Artaud, dramaturgo e poeta, passou quase sua vida inteira internado em asilos de loucos e produziu uma obra intensa e devastadora, que tinha a intenção de fazer a plateia gritar. A partir das ideias deste genial artista, quatro atores celebram um ritual, hora representando o próprio Artaud e outras personagens, hora representando a si mesmos. Teatro Municipal Café Pequeno, no Leblon. De 21 de junho a 14 de julho. Sextas e sábados às 21h, e domingos, às 19h. Valor: R$40. Classificação: 14 anos.


QUANDO AS CAIXAS SE ENCAIXAM - O espetáculo revela os conflitos íntimos de Charlie, que ao receber uma visita inesperada de um completo desconhecido em sua casa, relembra memórias do seu passado. Teatro Municipal Gonzaguinha, no Centro. De 14 a 30 de junho. Sextas, sábados e domingos, às 19h. Valor: R$20. Classificação: Livre.


ARRAIAL DAS LOBAS - A comédia musical chega aos palcos com 7 atores músicos em cena. A peça conta a história de uma cidade onde os homens foram extinguidos por Jurema Machadada, uma cangaceira moderna, que foi traída por seu marido e resolve matar todos os homens da cidade. Teatro Ipanema. Dias 1 e 2 de junho, às 20h. Valor: R$40. Classificação: 16 anos.


FÁBRICA DE BRINQUEDOS - O fechamento da Fábrica de Brinquedos Arco Íris S.A traz à tona a nova realidade ao mundo moderno: uma infância sem brinquedos. Diante da triste notícia, Sophie e Catharina, duas bonecas amigas, não se conformam com a novidade e começam a arquitetar um plano para solucionar esse problema e trazer de volta à vida o mundo dos brinquedos. Teatro Ipanema. De 08 a 30 de junho. Sábados e domingos, às 16h. Valor: R$40. Classificação: Livre.


ÂNSIA - Em um universo de vozes, quatro personagens expressam forte intimidade. Escrito por Sarah Kane, dramaturga referência do teatro britânico do final do século XX, o espetáculo, envolto em poesia, amor e ódio, cria conexões, numa trama cruel e abusiva, onde sujeito, tempo e espaço se apresentam indefinidos e refletem anseios contemporâneos. Teatro Ipanema. De 8 de junho a 1 de julho. Sexta a segunda, às 20h. Valor: R$50. Classificação: 16 anos.


SUOR ANGELICA - Suor Angelica, composta por Giacomo Puccini em 1917, é uma

das mais belas óperas do compositor italiano. Contando a história de uma mulher encarcerada em um convento por conta do seu comportamento sexual, pode ser lida à luz do feminismo do século XXI como uma crítica à repressão da sexualidade feminina. Sala Municipal Baden Powell, em Copacabana. Dia 2 de junho, às 19h. Valor: R$40. Classificação: Livre.


O LADO B - A peça fala do quanto a nossa sociedade está vivendo um momento de

perturbação. A visão presa no estreitamento de uma tela, sentimento enclausurados em corpos anestesiados, a mente procurando uma forma de explodir tudo isso, e assim atirar as próprias dores e medos mundo afora. Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto, no Humaitá. Até 10 de junho. De sexta a segunda (sexta, sábado e segunda, às 20h30, e domingos, às 19h). Valor: R$40. Classificação: Livre.


IROKO: MEU UNIVERSO - O espetáculo se passa em uma árvore, onde um jovem negro vai fazendo reflexões sobre suas memórias, origem e o tempo. A história do Tempo no homem é o fio condutor do espetáculo. Iroko, que é um orixá que representa o tempo, tenta fazer com que ressignifique símbolos e heranças do que nos torna seres humanos, cidadãos brasileiros, cidadãos mundiais. Espaço Cultural Municipal Sergio Porto, no Humaitá. De 6 de junho a 1 de julho. De quinta a segunda, às 20h. Valor: R$40. Classificação: 16 anos.


QUANDO AS MÁQUINAS PARAM - Um casal jovem, que vive em uma comunidade, que tem sonhos, que tem ingenuidade, que sonha acordado, que se ama, mas que está diante do dilema de como viver, e de como deixar viver o filho que está a caminho. Espaço Cultural Municipal Sergio Porto, no Humaitá. De 14 de junho a 7 de julho. De sexta a segunda, às 20h30. Valor: R$40. Classificação: 16 anos.

 



Serviços Serviços