Secretaria Municipal de Cultura - SMC
Exposição no Centro de Artes Calouste Gulbenkian faz homenagem aos 70 anos da Beija-Flor

16/01/2019 16:15:00


 

 

O Centro de Artes Calouste Gulbenkian recebe, de 22 de janeiro a 22 de março, a exposição gratuita "70 anos Beija-flor de sambas, enredos, memórias e comunidade". A mostra, que conta com patrocínio da Lei do ISS, reúne cerca de 200 itens para contar a trajetória da escola de Nilópolis e comemorar seu septuagésimo aniversário. Entre os artigos de destaque, está um desenho inédito de Joãosinho Trinta. 

 

A história da azul e branco da Baixada Fluminense será contada através de cadernos de enredos, troféus, medalhas, fotos e sambas antigos que nunca chegaram a ser gravados. As obras pretendem resgatar enredos, personagens e provocar uma reflexão sobre a importância do carnaval como acontecimento estético, cultural e social. Para a Secretária Municipal de Cultura, Nilcemar Nogueira, a exposição é um presente para os apaixonados por carnaval e uma homenagem os componentes da escola. "É importante lembrarmos de quem ajudou a trilhar esse caminho tão vitorioso. Valorizar o carnaval, nossa maior manifestação cultural, também é valorizar o nosso povo", afirmou.

 

A agremiação começou como um bloco em 1948 e se tornou uma Escola de Samba em 54, quando passou para o Grupo 1 após ser campeã logo na primeira participação. Sua história é marcada por nomes como o carnavalesco dos enredos ousados e luxuosos, Joãosinho Trinta, o intérprete Neguinho da Beija-Flor, e a porta-bandeira Selminha Sorriso. Conhecida como Deusa da Passarela, a Beija-Flor é a atual e terceira maior campeã do carnaval carioca, com 14 títulos.

 

SERVIÇO
Exposição 70 anos Beija-flor de sambas, enredos, memórias e comunidade
Local: Centro de Artes Calouste Gulbenkian
Endereço: Rua Benedito Hipólito, 125, Centro
Data: 22 de janeiro a 22 de março. de segunda a sábado, das 9h às 22h.

Entrada Gratuita.