Secretaria Municipal de Cultura - SMC
CONFIRA A AGENDA CULTURAL DESSA SEMANA

27/10/2016 10:39:00


AGENDA CULTURAL DA SMC– de 25 a 31 de maio

Toda a programação está sujeita a alteração.

* Este ícone marca a programação gratuita.

 

 

TEATRO

 

6º FETAERJ EM CENA CURTA – O Festival de Esquetes da Federação de Teatro Associativo do Estado de Janeiro – FETAERJ chega a sua 6ª edição no Teatro Municipal Café Pequeno, através do projeto de residência artística FETAERJ Café em Cena. Serão premiados as melhores cenas nas seguintes categorias: Melhor Cena, Melhor Direção, Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Texto Original, Prêmio Especial do Júri, além do prêmio de Melhor Cena por Voto Popular. De sexta a domingo, às 20h. Até 28 de maio. R$ 20. Teatro Municipal Café Pequeno. Classificação: 18 anos.

 

A PRODUTORA E A GAIVOTA – Comédia que conta a história de Meire Sabatine, uma produtora teatral picareta, que tenta prender a atenção da plateia, enquanto espera a chegada do elenco da peça "A Gaivota", que está preso em um engarrafamento. Durante essa espera, ela vai contando o texto de Tchecov para o público, refletindo sobre a importância da arte e a eterna crise do fazer teatral; e revela a sua vida, principalmente a relação com a sua filha Michelle. Texto e interpretação de Jefferson Schroeder. Direção de João Fonseca. De 20 de maio a 12 de junho. Sábados, domingos e segundas, às 19h. R$ 30. Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto/Galeria Marcantônio de Villaça 2. Classificação: 12 anos.

 

A TERCEIRA MARGEM DO RIO: A DE DENTRO – Baseado na obra de João Guimarães Rosa, o espetáculo encena a história de um homem que, desde criança, lamenta a estranha partida de seu pai. Aberta a múltiplas interpretações, a narrativa trata de temas como valores familiares, o amor, a loucura e a solidão. Tudo com uma trilha sonora especial, ao vivo, que ressalta profundamente a alma mineira e sertaneja. Adaptação, interpretação e direção de Renato TouzPin. Até 28 de maio, às 19h30. R$ 30. Teatro Municipal Gonzaguinha. Classificação: 10 anos.

 

BRIMAS – Duas senhoras imigrantes Ester e Marion, revivem, com muito humor, suas histórias, enquanto cozinham quibes para um velório. O riso, a saudade da família e as memórias do passado se misturam nessa história cheia de emoção e sabedoria. Para a autora e atriz Beth Zalcman, falar de sua avó é falar de identidade construída pelo afeto, pelo cheiro e sabores da comida, pelos gestos, pela voz, pelas histórias vividas e sentidas. Brimas é falar da possibilidade de encontros, de paz, independente de crenças, nesse momento contemporâneo de tanta intolerância. "A força dessas matriarcas, nossas avós, representando tantos outros imigrantes, tantas outras avós, tantas outras mulheres. Essa peça fala do oriente médio e fala do Brasil. Na verdade, Brimas fala de tudo aquilo que diz respeito ao que há de mais humano em nós: o amor, a saudade, a família, a fé e a alegria." Emociona-se Simone Kalil, atriz e autora. Texto e atuação: Beth Zalcman e Simone Kalil. Direção de Luiz Antônio Rocha. Quinta e sexta-feira, às 20h, até 26 de maio. Sala Municipal Baden Powell. R$ 40.

 

CARTOLA – O MUNDO É UM MOINHO – Espetáculo inspirado em um dos maiores ícones do samba carioca, "Cartola – O mundo é um moinho" tem dramaturgia de Artur Xexéo, direção e encenação de Roberto Lage e direção musical de Rildo Hora. A pesquisa foi realizada por Nilcemar Nogueira, neta de Cartola, fundadora do Museu do Samba e atual Secretária Municipal de Cultura. O ator Flávio Bauraqui interpreta Cartola e Virgínia Rosa vive Dona Zica. A cada apresentação o musical levará grandes nomes do samba e da MPB. Entre os artistas já convidados estão Xande de Pilares, Dudu Nobre, Leci Brandão e Sandra de Sá. De quinta a sábado, às 19h e domingos, às 17h, até a 28 de maio. R$ 70 (quintas e sextas) e R$ 80 (sábados e domingos). Teatro Municipal Carlos Gomes. Classificação: 12 anos.

 

CIDADE CORRERIA – O espetáculo é sobre a cidade, inspirada em imagens, filmes, situações cotidianas, histórias de vida e contos literários. Cidade Correria não é uma história, é uma invasão, um transbordamento de nossas urgências cotidianas, nossas contradições, alegrias, delírios, feridas e potências. Uma cidade inventada, em deriva, que poderia ser a nossa cidade, ou qualquer cidade. Direção de Adriana Schneider e Lucas Oradovschi. Com Daniela Joyce, Hugo Bernardo, Igor da Silva, Jardila Baptista, Karla Suarez, Livia Laso, Marcelo Magano, Patrick Sonata, Thiago Rosa e Vanessa Rocha. Quartas e quintas, às 20h. Até 22 de junho. R$ 40 e R$ 10 (lista amiga). Teatro Ipanema. Classificação: 12 anos.

 

CLUBE DA COMÉDIA CARIOCA – O projeto Clube da Comédia Carioca chega com a proposta de juntar em um só universo o melhor que a comédia brasileira vem apresentando nos últimos tempos. Com o objetivo de misturar diferentes formas de humor, através dos mais variados convidados. Ed Gama é o Mestre de Cerimônias com piadas e imitações ciceroneando novos e velhos do humor. Com Marcos Castro, Rafael Studart, Henrique Fedorowicz, Felipe Ruggeri, Felipe Absalão, Alexandra Dias, Aarhon Pinheiro, César Maracujá, Juliana Lima, Raphael Ghanem, Magno Navarro, Rafael Moncla e outros. Dia 25 de maio, quinta, às 22h. R$ 30. Teatro Municipal Café Pequeno. Classificação: 18 anos.

 

EU VOU APARECER BEM NO MEIO DO SEU SONHO – Espetáculo site-specific itinerante com elenco de cinco atores que conduz o público pelas ruínas do antigo prédio da biblioteca popular de Santa Teresa. A montagem promete uma jornada fantástica por experiências cativantes de cativeiro. "Em tempos de crise, precisamos falar sobre as prisões que nos apaixonam. E também sobre as paixões que nos aprisionam", conta o diretor Ricardo Cabral, que no ano passado recebeu o prêmio Sesc de novas dramaturgias. Sexta e sábados, às 20h, e domingos, às 19h. R$ 30. Centro Cultural Municipal Laurinda Santos Lobo. Classificação: 14 anos.

 

FESTIVAL DE MONÓLOGOS – "MERGULHO OU A MENINA QUE SANGRAVA POESIA" – O texto, uma livre adaptação do Diário de Anne Frank, narra os conflitos e descobertas de uma adolescente que vive a dicotomia de uma sociedade em meio ao caos da Segunda Grande Guerra. O confinamento, a tirania e o preconceito são os principais agentes transformadores de sua visão de mundo, até então, ingênua, forjando novos valores e uma personalidade questionadora a frente de seu tempo. Sua narrativa, apesar de datar um período específico da história mundial, permite trazer a luz da discussão temas extremamente atuais, como o racismo, intolerância religiosa, restrição da liberdade e tantos outros. Texto e direção de César Valentim. Com Rita Grego. De 24 a 27 de maio. De quarta a sábado, às 20h. R$ 30. Teatro Municipal Ziembinski. Classificação: 16 anos.

 

IVANOV – Com texto de Anton Tchekhov, o protagonista Nikolai Ivanov é um homem que não consegue mais se conectar com o mundo à sua volta, um mundo em constante mudança. A peça teve sua primeira versão escrita em 1887 – a segunda, definitiva, seria escrita em 1889 - e, no entanto, parece que Tchekhov está nos falando do homem no mundo de hoje. Com sua peculiar delicadeza e seu senso de humor, Tchekhov nos dá a oportunidade de procurar entender e questionar o comportamento do ser humano, confuso e perturbado ante as perspectivas que a vida oferece, mesmo mais de 130 anos depois. Direção de Ary Coslov e adaptação de Ary Coslov e Isio Ghelman. Com Isío Ghelman, Marcelo Aquino, Marcio Vito, Mario Borges, Mayara Travassos e Sheron Menezes. Até 19 de junho. R$ 40. Teatro Ipanema. Classificação: 12 anos.

 

MEU DESTINO É SANTARÉM – A peça conta a história de Jonas e Lua, de um encontro numa intersecção da estrada, e de um amor que impõe a dois corpos um estado de dependência física incondicional. Dia 27 de maio, sábado, às 20h. R$ 20. Areninha Carioca Renato Russo. Classificação: 14 anos.

 

QUANDO IA ME ESQUECENDO DE VOCÊ – "Até que ponto podemos contar com nossos amigos? Quais os limites numa amizade de mais de 30 anos? Como ajudar o outro sem esquecer de si mesmo? Estas questões permeiam o espetáculo "Quando Ia Me Esquecendo de Você", da jornalista e escritora Maria Silvia Camargo que conta com a supervisão de texto de Julia Spadaccini. A peça, dirigida por Diego Molina, é baseada no romance homônimo da escritora. A peça questiona a extrema individualidade da nossa era e nossa excessiva solidão. Através de cenas alternadas, entre o presente e o passado, as protagonistas Carla e Ana dizem tudo o que um amigo quer ou deveria dizer para o outro. Com Veronica Rocha, Renata Paschoal, Sandra Pera, Ricardo Gonçalves, Rodolfo Mesquita. De 6 a 8 de maio, de sábado a segunda-feira, às 20h. R$ 30. Teatro Ipanema. Terças e quartas, às 19h30. Até 31 de maio. R$ 40. Teatro Municipal Serrador. Classificação: 14 anos.

 

"QUERIDA COMÉDIA" COM JU QUERIDO – Espetáculo de humor que conta com a participação de comediantes em ascensão no cenário nacional. Dia 26 de maio, sexta-feira, às 20h. R$ 5. Areninha Carioca Renato Russo. Classificação: 14 anos.

 

SE EU FOSSE SYLVIA P. – O espetáculo é uma experiência cênica poética que transita entre a realidade e a ficção. O tom confessional que marca a obra literária da poetisa Sylvia Plath, conduz a dramaturgia criando uma atmosfera intimista. Temas como amor, solidão, relações familiares, vida e morte perpassam a apresentação.
Sylvia Plath é uma das mais renomadas poetas do século XX. Conhecida pela sua poesia confessional, a poeta norte-americana foi a primeira a ganhar um prêmio Pulitzer após a sua morte. Sylvia ficou mundialmente conhecida após o episódio de seu suicídio, deixando dois filhos Frieda e Nicholas, do casamento com o laureado poeta inglês Ted Hughes. Texto de Alessandra Gelio. Direção de Alessandra Gelio e Cynthia Reis. Com Alessandra Gelio, Léo Rosa e Téia Kane. Quartas e quintas, às 20h. Até 1º de junho. Teatro Municipal Café Pequeno. R$ 30. Classificação: 16 anos.

SÓ POR HOJE – Musical que conta a trajetória de Norma, uma cantora que experimentou a fama 17 anos atrás, durante o "Festival da Voz", programa de TV que reuniu dez candidatos em busca do cobiçado prêmio: um contrato com a maior gravadora do país. Norma ficou entre os dois finalistas e sua vitória era dada como certa. Porém, um fato misterioso faz Norma agir de forma insana no palco, perdendo o festival, depois de cantar de forma constrangedora, num vexame ao vivo na TV que pôs a perder o maior sonho de sua vida. Texto de Tiago Rocha. Direção de Reiner Tenente e Fabiana Tolentino. Com Amanda Falconi da Rocha Damasceno, Ana Elisa Schumacher Pires de Sá, e elenco. Quintas, às 17h30. Sextas e sábados, às 19h30. Até 27 de maio. R$ 40. Teatro Municipal Serrador. Classificação: 14 anos.

 


TEATRO INFANTIL

 

1º FESTIVAL DE CONTADORES DE HISTÓRIA DA ZONA OESTE – A Zona Oeste não para de pulsar com o Festival de Contação de Histórias com muito para contar, aprender e fazer pensar. E se você é desse picadeiro venha para a construção coletiva desse movimento que pretende circular pelos cantos, praças e lonas culturais. E você, contadora, contador, palhaço e palhaça, ator e atriz da Z.O, é chegada a hora. Dia 28 de maio, às 16h. R$ 5. Areninha Carioca Hermeto Pascoal. Classificação: livre.

 

JONGO MAMULENGO – A peça conta um pedaço da grande história do samba carioca. O espetáculo celebra, com muita alegria, o jongo, o Morro da Serrinha e o Império Serrano. É uma brincadeira de bonecos de mamulengos feito por Zé Lopes, da Zona da Mata pernambucana. Vovó Maria Joana, Tia Ciata, Dona Ivone Lara, Mestre Darcy, Aniceto do Império, Silas de Oliveira, Clara Nunes e muitos outros ganham vida nas mãos dos atores do Coletivo Bonobando. As cantoras e músicos do Jongo da Serrinha se juntam na brincadeira cantando tesouros da nossa música. Texto do Coletivo Bonobando. Com Karla Suarez, Lívia Laso, Marcelo Magano, Patrick Sonata e Thiago Rosa. De 28 de maio a 18 de junho. Sábados e domingos, às 16h. R$ 40. Teatro Ipanema. Classificação: livre.

 

DOMINGO DAS CRIANÇAS – Joaquim de Paula apresenta "Cantando Histórias e Cirandas", dia 28. Sempre às 16h. R$ 20. Centro da Música Carioca Artur da Távola (Tel.: 3238-3831). Classificação: livre.

 

MINHA ADORÁVEL VERDE VIDA – O espetáculo conta a história de Esperança, uma menina que nasceu verde. Dentre muitas características que ela possui, essa é a mais improvável. Ela e sua irmã Lilás chegam em um novo orfanato onde, juntas, devem enfrentar as barreiras de ser diferente. Na nova casa, comandada por Perpétua, uma vilã sem escrúpulos, elas conhecem seus novos amigos: Alva e Leonel – um Leão Falante muito medroso, porém encontram também uma turma da pesada. Texto e direção de Maurício Alves. Com Alexandre Plínio dos Santos Ferreira Junior, Amanda Saboia Nunes, Ana Cláudia Repedino Hannickel e elenco. Dia 27 de maio, sábado, às 14h e às 16h30. R$ 20. Teatro Municipal Serrador. Classificação: livre.

 

QUE BICHO É ESSE? – Uma girafa poliglota, um macaco arteiro, uma galinha bem educada, um jacaré elegante, entre outros bichos compõe o encantamento do espetáculo infantil Concebido e dirigido pelo músico e compositor André Alves. Participam também do espetáculo as cantoras Mônica dos Anjos e Letícia Dutra, além do baterista Thiago Silva. O repertório reúne músicas da cultura popular e do folclore brasileiro, além de canções autorais. Dias 27 e 28 de maio. Sábado e domingo, às 16h. R$ 40. Teatro Municipal Café Pequeno. Classificação: livre.

 

ULISSES, CABEÇA DE VENTO – Ulisses é um menino nordestino de 10 anos que vive como qualquer criança até que uma série de acontecimentos muda para sempre a sua vida, a de sua família e todo o povo do pequeno vilarejo em que mora. Texto de Anderson Alcantara, Léo Torres e Natália Di Vaio. Direção de Daniel Ferrão. Com Anderson Alcantara, Anna Cristina Ribeiro, Dei Ribas, Dyogo Botelho, Fabiano Bernardelli, Natália Di Vaio, Roberta Passos, Rohan Baruck e Vinícius de Alencar. Dia 27 de maio, sábados, às 16h. Teatro Municipal Ziembinski. R$ 20. Classificação: livre.

 


MÚSICA

 

ALDAIR SANTIAGO CANTA EMÍLIO SANTIAGO – O espetáculo será um tributo a um dos mais importantes intérpretes da MPB, Emílio Santiago. Acompanhado de Paulo Camilo (bateria), Almir Santiago (baixo) e Alcir Alves (teclado), o cantor Aldair Santiago apresenta sucessos como, "Saigon", "Lembra de Mim", "Mulher", "Insensatez", entre outros. Dia 25 de maio, quinta-feira, às 19h30. R$ 20. Centro da Música Carioca Artur da Távola (Tel.: 3238-3831).

 

*BATALHA DO CONHECIMENTO – RAP DA PRACINHA – O Rap da Pracinha começou em novembro de 2015, com a união de amigos que estavam cansados de curtir shows de rap em locais elitizados e decidiram usar uma praça localizada na Praça Seca no pé do morro do São José do Operário para começar o movimento. Em pouco tempo o local sede do evento foi revitalizado pelo coletivo e até o jardim passou a ser cuidado. O palco, criado com muita criatividade, já recebeu inúmeros artistas da cultura hip hop do cenário nacional. Coordenado por Igor Oliveira, Rafael França e Alex Rocha. Dia 27 de maio, sábado, das 16h às 22h. Centro Cultural Municipal Dyla Sylvia de Sá. (Tel.: 3833-4769).

 

CEP 20.000 – Desde 1990, o mais tradicional sarau da cidade traz o melhor nas novas gerações de poetas, músicos, performers da cidade. Direção e apresentação de Ricardo Chacal. Dia 25 de maio, quinta-feira, às 20h. R$ 10. Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto. Classificação: livre.

 

CLÁSSICOS DOMINGOS – João Willian(clarinete), dia 28. Sempre às 11h. R$ 20. Centro da Música Carioca Artur da Távola (Tel.: 3238-3831).

 

CRIS PEREIRA – No espetáculo, a sambista aposta em um repertório que enlaça clássicos do samba e do samba-canção a elementos do jazz e da música afro-brasileira, com a luxuosa parceria dos músicos Lucas de Campos (violão e direção musical), José Cabrera (piano), Rodrigo Salgado (baixo) e Leander Motta (bateria e percussão geral). Dia 31 de maio, quarta-feira, às 19h30. R$ 10. Centro da Música Carioca Artur da Távola (Tel.: 3238-3831).

 

*FEIJÃO COLETIVO – Show com a banda que tem um trabalho autoral com influências nos ritmos de cultura africana. Nesse percurso há um repertório híbrido que caminha pelo samba, reggae, soul, salsa, e sempre a forte presença do afrobeat. Com Miguel Jorge (voz e guitarra), Marcelo Ceará (voz, cavaquinho e violão), Ignacio Andrade (acordeon e canto), João Carvalho (guitarra), Patrick Thomazini (baixo), Tiago Azevedo (baterista). Dia 27 de maio, sábado, às 17h. Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas.

 

LANÇAMENTO DO CD "ESTATUTO DOS SONHOS" DO GRUPO BANHEIRO AZUL – Banheiro Azul é uma das bandas mais atuantes da Baixada Fluminense nos últimos anos, seus integrantes são agitadores culturais responsáveis por diversos eventos na região como Sunday Rock, Semana do Rock e Rock na feira. Eles entraram em estúdio para gravar seu primeiro CD "Estatuto dos Sonhos", com o single da canção "Blues do Eu" e "Você" já tocando em rádios e web rádio. Dia 27 de maio, sábado, às 20h. R$ 15. Lona Cultural Municipal Carlos Zéfiro. Classificação: 14 anos.

 

O BEM DO TEMPO – Título de uma das canções, o show com Marcelo Fedrá e Maurício Detoni faz parte do projeto Café Pequeno em Bom Som, que tem curadoria e produção de Roberto Jerônimo. A direção musical e arranjos são de Diogo Sili, que se juntou à dupla. Dia 30 de maio, terça-feira, às 20h. R$ 40. Teatro Municipal Café Pequeno. Classificação: 18 anos.

TARDES DE VIOLA – Bruno Reis – "Do Barroco ao Caipira", dia 27, sábado, às 16h. R$ 20. Centro da Música Carioca Artur da Távola (Tel.: 3238-3831).

 


EXPOSIÇÃO

 

*ATELIER GERALDO AGUIAR – Exposição coletiva dos alunos do Atelier Geraldo Aguiar. De terça a domingo, das 10h às 18h, até 14 de maio. Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas. Classificação: livre.

 

*CARLOS SCLIAR – DESENHOS DE GUERRA – Mostra de desenhos de Carlos Scliar sobre sua participação na Segunda Guerra Mundial, através da Força Expedicionária Brasileira. De terça-feira a domingo, das 10h às 17h. Memorial Municipal Getúlio Vargas (Tel.: 2237-5234). Classificação: livre.

 

*CAOS & TRADIÇÃO – Exposição individual de pinturas de Cezar Altai. De 27 a 31 de maio. De terça a domingo, das 10h às 18h. Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas.

 

COSMOS: O UNIVERSO TAMBÉM PODE SER POÉTICO – Primeira experiência da Exposição Principal do Museu do Amanhã, o Portal Cósmico traduz essa grandiosidade do Universo. Com direção-geral de Fernando Meirelles, um filme com oito minutos introduz os visitantes às ciências cósmicas, por meio de uma projeção em 360 graus, dentro de uma enorme estrutura oval. A partir do momento em que percebemos que somos um ponto muito pequeno na história da vida no planeta Terra, podemos tomar a decisão equivocada de achar que as nossas ações não influenciam em nada. Mas não é bem assim. Alexandre Cherman lembra que nossas ações são relevantes para nossa vida e para o nosso futuro imediato. A humanidade não deve pensar em salvar o planeta, e sim, garantir a sua perpetuação. De terça a domingo, das 10h às 18h. Museu do Amanhã.

 

*ESTUDO ILUSTRADO DO SAMBA - A VIAGEM PITORESCA PELO SEU CENTENÁRIO – O artista gráfico - e cuiqueiro da Estação Primeira de Mangueira - Laerte Heredia, faz emergir do seu acervo fonográfico-afetivo retratos de alguns dos maiores baluartes e mitos da história do samba carioca. Representadas em carvão, grafite, aquarela e colagens, essas figuras ilustram o centenário de gravação do histórico samba "Pelo Telefone", gravado por Donga, e homenageiam a secular história desta que é a manifestação cultural popular mais importante do Brasil. A exposição foi prorrogada até o fim do mês de abril, de 10h às 17h, de terça a domingo. Memorial Municipal Getúlio Vargas (Tel.: 2237-5234). Classificação: livre.

 

*O ETNOGRAFFITI – Arte visionária que expõe personagens indígenas contextualizados em seu universo místico e cultural salientando a riqueza de sua cultura e seus saberes ancestrais são representados nesta mostra. Saberes do Povo da Floresta provoca o deslocamento para o universo místico e cultural do povo indígena e seu conhecimento sagrado, trazendo a importância da preservação, resistência, "re-existência" e difusão da cultura indígena. A espiritualidade indígena é lembrada através da representação de recursos de sua própria cultura, como o uso do Rapé, da Ayahuasca, Kambô e outras medicinas naturais, usadas para fins de autoconhecimento, fortalecimento do espírito e realização de curas. De terça a sexta-feira, das 13h às 21h; e sábados, domingos e feriados, das 10h às 21h. Arena Carioca Carlos Roberto de Oliveira – Dicró. Classificação: livre.

 

LUGARES DO DELÍRIO – A mostra foi idealizada há mais de dois anos por seu primeiro diretor cultural, Paulo Herkenhoff. A seu convite, a curadora Tania Rivera propôs uma delicada trama de experiências, obras e projetos que dão a ver formas de resistência e de agenciamento de forças inconformes a modelos de racionalidade. Dando sequência ao programa Arte e Sociedade no Brasil – eixo curatorial dedicado a aspectos urgentes à vida social no país, como moradia e educação –, esta curadoria de Tania Rivera é resultado de um abrangente projeto de comissionamento de obras. Por meio deste, o MAR fomentou a convivência e a colaboração entre experiências diversas de criação na cidade do Rio de Janeiro, como no programa de residências realizado em parceria com o Museu Bispo do Rosário Arte Contemporânea ou no apoio ao Grupo Arte + Cuidado. Ao mesmo tempo, Lugares do delírio é uma oportunidade ímpar de, sem distinguir usuários e não usuários do sistema de saúde mental, entrecruzar trabalhos de artistas de outras partes do Brasil e do mundo – alguns deles icônicos, como a obra de Fernand Deligny em torno do autismo. Cientes de que a heterogeneidade deste projeto foi especialmente possível dada a rede de colaboração formada em seu redor, agradecemos a todos os artistas, emprestadores, pesquisadores e instituições engajados na construção desses Lugares do delírio. De terça-feira a domingo, das 10h às 17h. Até 16 de julho. R$ 20 (terças-feiras com entrada gratuita). Bilhete Único dos Museus (MAR + Museu do Amanhã) R$ 32. Museu de Arte do Rio – MAR (Tel.: 3031-2741).

*GETÚLIO VARGAS – Getúlio Vargas passou 31 anos dos 45 de sua vida pública no Rio de Janeiro, então capital da república. Como presidente, foram 19 anos. Nesse longo período, estabeleceu-se intensa relação de amor e rejeição entre ele e os habitantes da cidade. Esta exposição mostra alguns aspectos marcantes dessa história, homenageando, ao mesmo tempo, Getúlio Vargas e o Rio de Janeiro. Curadoria de José Murilo de Carvalho. De terça-feira a domingo, de 10h às 17h. Memorial Municipal Getúlio Vargas (Tel.: 2237-5234). Classificação: livre.

 

*#GRAFFITI LÁNALAJE – O Terraço Alto Méier, no Imperator, tem a vocação de ser um espaço onde o urbano, o cosmopolita e a liberdade são marcas fortes. E seguindo a trilha da arte urbana, o graffiti, manifestação cada vez mais cultuada mundo afora e propagada pelas ruas, passou a ter o terraço do centro cultural como sua segunda casa. Periodicamente, convidaremos um novo artista do graffiti para ilustrar o espaço, reforçando e valorizando esta forma de arte no Imperator. Segundas a sextas, das 13h às 22h, e sábados e domingos, das 10h às 22h. Imperator - Centro Cultural João Nogueira. (Tel.: 2597-3897). Classificação: livre.

 

LANÇAMENTO DO CD ESTATUTO DOS SONHOS DO GRUPO BANHEIRO AZUL – Show com a banda Banheiro Azul, uma das mais atuantes da Baixada Fluminense nos últimos anos. Seus integrantes são responsáveis por diversos eventos na região como Sunday Rock, Semana do Rock e Rock na Feira. No repertório, composições de seu primeiro CD Estatuto dos Sonhos, como a canção "Blues do Eu e Você", que está nas rádios e web rádio. Dia 27 de maio, sábado, às 20h. R$ 15. Lona Cultural Municipal Carlos Zéfiro. Classificação: 14 anos.

 

*LINHAS DE TEMPOS – 20 ANOS DO CENTRO MUNICIPAL DE ARTE HÉLIO OITICICA – Orientação de Glaucia Villas Bôas e Izabela Pucu. Coordenação de Daniele Machado. Projeto de pesquisa e exposição que resgata a história do CMAHO. Realizado em 2016 pela equipe do CMAHO em parceria com pesquisadoras do Núcleo de Sociologia da Cultura (NUSC/IFCS/UFRJ), coordenado pela socióloga da arte Glaucia Villas Boas. O acervo documental foi organizado, e foram identificados os principais eventos, exposições e projetos ocorridos nos últimos 20 anos. Ex-diretores foram entrevistados, relacionando-os às dinâmicas culturais e políticas da cidade através de linhas que se tornam visíveis em diversos espaços. Segunda, quarta e sexta, das 12h às 20h, e terça, quinta, sábados e feriados, das 10h às 18h. Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica (Tel.: 2242-1012).

 

*MATUTO GLOBAL – Exposição do artista Antônio Brasil (Silva Maranhão) com o tema "Matuto Global". A mostra reflete a inquietude do artista com relação à ambição do homem, e reivindica a preservação da natureza e do planeta como casa segura de todos. Sua personagem – o matuto global – se repete constantemente, quase seriação, ao compor homens – brasileiros ou não - que trabalham nas indústrias da vida. De quarta-feira a domingo, das 14h às 22h. Sala Municipal Baden Powell. Classificação: livre.

 

"MEU MUNDO TEU" - ALEXANDRE SEQUEIRA – A fotografia na obra de Sequeira é uma potente ferramenta de desvendamento e aproximação do Outro. Em "Meu Mundo Teu" o artista promoveu o conhecimento de dois adolescentes por meio de cartas e fotografias nas quais ambos descrevem em detalhes seus universos simbólicos pessoais. Sequeira atua como um mediador que com extrema sensibilidade leva cada um dos adolescentes, e ele próprio, a mergulhar numa jornada de autoconhecimento por um jogo de contrastes entre culturas e realidades diferentes. Por meio de processo fotográfico artesanal materializa-se a metáfora do encontro de dois seres, dois mundos, potencializando a afetividade e a riqueza que a amizade propicia. De terça-feira a domingo, das 10h às 17h, até 16 de julho. R$ 20 (terças-feiras com entrada gratuita). Bilhete Único dos Museus (MAR + Museu do Amanhã) R$ 32. Museu de Arte do Rio – MAR (Tel.: 3031-2741).

 

*NAS TELAS DE GRANDES DIMENSÕES – Com Raimundo Rodriguez + Antonio Bokel + Manfredo de Souza Netto + Osvaldo Carvalho. Raimundo Rodriguez traduz com sua obra uma consciência espontânea de aproveitamento que se manifesta em meio a uma variedade caótica de elementos descartados, objetos errantes, recontextualizando-os e extraindo-os. Antônio Bokel, formou, em poucos anos de investigação pictórica, à criação de um mundo de signos próprios, que relacionam-se entre si pelo total despreconceito tipológico. Manfredo de Souza Netto premiado por todo o país participa de exposições coletivas desde 1970 e exposições individuais desde 1974. Conclui cursos nas melhores escolas de artes no Brasil e na França. Osvaldo Carvalho expõem desde o ano de 2000 em coletivas, em salões desde 2001 e em individuais desde 2002. Recebendo prêmios no Brasil e no Exterior. De terça a domingo, das 10h às 19h. Centro Cultural Municipal Laurinda Santos Lobo. Classificação: livre.

 

*NÓ NA MADEIRA – Exposição permanente de fotos, discografia interativa em TV e objetos pessoais sobre João Nogueira, que homenageia a vida e obra desse grande artista. A exposição pode ser vista de segunda a sexta-feira, das 13h às 22h, e de sábado a domingo, das 10h às 22h, no térreo do Centro Cultural. Imperator – Centro Cultural João Nogueira (Tel.: 2597-3897). Classificação: livre.

 

OS FLUXOS QUE FORMAM A VIDA – O entendimento sobre como funciona a nossa existência em toda a sua grandeza é fundamental para construirmos uma nova relação com o planeta. Aqui na Terra, temos três dimensões do que é o existir: uma dimensão material, uma biológica e uma cognitiva. A ideia do segundo momento da Exposição Principal do Museu do Amanhã, Terra, é exatamente essa, explorar as dimensões da existência terrestre por meio de três cubos: Matéria, Vida e Pensamento. Cada uma dessas divididas foi organizada numa perspectiva integradora e, ao mesmo tempo, diferenciadora. Explica-se: do lado de fora de cada uma delas vemos sempre aquilo que é comum, e do lado de dentro tudo o que é diverso. De terça a domingo, das 10h às 18h. Museu do Amanhã.

 

*O RIO DE JANEIRO DE ESTÁCIO DE SÁ – Em comemoração ao 452º aniversário da Cidade, o Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro exibe a exposição "O Rio de Janeiro de Estácio de Sá". São pinturas, gravuras, esculturas, plantas e maquetes da cidade, que compõem o acervo do próprio museu, além de textos sobre a fundação da cidade e personalidades como o próprio Estácio de Sá, seu fundador, traçando um breve panorama do período. Ocupando o 1º e 2º andar do Pavilhão de exposições temporárias, a mostra será divida em dois momentos: a Fundação da Cidade por Estácio de Sá, em 1565, e Mem de Sá e a transferência da Cidade para o Morro do Castelo. O objetivo da exposição é apresentar uma perspectiva da fundação da cidade do Rio de Janeiro a partir de objetos da época e outros relacionados com a criação que expressem esse momento fundamental da cidade. Desta forma, o visitante entrará em contato com obras icônicas, como a pintura Transladação da Cidade de Antônio Parreiras, e poderá fazer uma releitura da história da Cidade através desse rico acervo. De terça a domingo, das 10h às 17h, até 4 de junho. Museu Histórico da Cidade.

 

*PORTINARI – ARTE E MEIO AMBIENTE – Exposição de réplicas e oficinas de arte para crianças e jovens a partir da obra de Cândido Portinari, o pintor que retratou o Brasil com uma visão que combinava amor, admiração e crítica social. São 22 réplicas de quadros que trazem à reflexão problemas preocupantes no mundo moderno: a degradação do solo e das matas, a poluição dos rios e dos mares, o esgotamento dos recursos minerais e o equilíbrio entre os seres humanos ─ Retirantes, Paisagem da Seca, Morro, Favela, Rio Tietê, Praia de Ipanema, Flora e Fauna brasileiras, Guerra e Paz ─ entre outros, são alguns dos quadros incluídos nesta mostra. De 23 de maio a 30 de junho. De terça a domingo, das 10h às 18h. Oficinas de arte para grupos e escolas agendadas pelo telefone 3238-3831. Centro da Música Carioca Artur da Távola (Tel.: 3238-3831). Classificação: livre.

 

*REFRAÇÃO – O foco do projeto Deslocado é a experiência humana, a convivência e a troca de ideias a respeito do trabalho e da vida. Para a quarta edição do projeto, os quatro artistas convidados irão explorar os conceitos ligados à refração. Sabe aquelas ocasiões em que a profundidade da água da piscina parece menor, ou aquelas em que um lápis parece torto ao ser posto dentro de um copo d'água? Tais eventos são explicados pela teoria da refração luminosa. De segunda a sexta-feira, das 13h às 22h. Sábados e domingos, das 10h às 22h, até 4 de junho. Imperator - Centro Cultural João Nogueira (Tel.: 2597-3897). Classificação: livre.

 

*SUCH A PERFECT DAY – Nesta exposição, Pedro Sánchez lança o número 10 da publicação Cabuloza Wild Life, uma revista-pôster editada em xilogravura. Trata-se de uma edição especial, em formato lambe-lambe. São oito pôsteres, impressos a partir de matrizes de madeira, com o qual foram realizadas intervenções urbanas, ocupando os muros da cidade. Cabuloza Wild Life é uma publicação independente totalmente editada em xilogravura, pelo próprio autor, um impresso 100% handmade. A exposição traz, além do cartaz de lambe-lambe, as matrizes de madeira utilizadas para a impressão e cada um dos módulos apresentados como pôsteres independentes, bem como as edições anteriores da publicação. Além da galeria, o artista irá intervir no muro dos fundos do Espaço, apresentando as provas de testes que documentam o processo de realização da obra. Concepção, produção e montagem de Pedro Sánchez. Texto de apresentação de Elvis Almeida. De 11 a 29 de maio. De quarta a domingo, das 14h às 20h. Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto/Galeria Marcantônio de Villaça 2.

 

SOMOS UM ECOSSISTEMA – A complexidade do DNA, a exuberância da Mata Atlântica e os ecossistemas microbianos que cada um de nós carrega estão presentes no segundo momento da segunda parte da Exposição Principal do Museu do Amanhã: o Cubo da Vida. Como em todos os três momentos da seção "Terra", o cubo da Vida mostra em seu exterior o que é comum, e no seu interior o que é diverso. Nesse caso, o DNA, conhecido como a "molécula da vida", está recobrindo todo o cubo por ser o material genético que contém a informação para o desenvolvimento e o funcionamento de todos os seres vivos. O cubo logo chama a atenção por trazer seis sequências genéticas em sua face externa, numa profusão de letrinhas (A, T, C, G) que representam as bases nitrogenadas que formam o DNA. De terça a domingo, das 10h às 18h. Museu do Amanhã.

 

*VICENTE DE MELLO – UTOPIA LÍRICA + FUGITIVO – Em Utopia lírica, o público pode ver uma visão particular sobre a arquitetura e o urbanismo da cidade, como se o que já se conhece dela e o que é relembrado fossem as camadas que originam uma "transvisão" – não um desvio, e sim uma nova ordem: uma leitura subjetiva e atemporal. Brasília representou, para a fotografia, algo semelhante que foi para a arquitetura: um marco no modernismo fotográfico do país, que resultou em registros incessantes que logo levaram a certo desgaste imagético. Fotografei os lugares conhecidos e também os pouco comentados, como a torre de TV projetada por Lucio Costa, os edifícios funcionais, militares e religiosos de Oscar Niemeyer, procurando encontrar uma fagulha que desencadeasse uma imagem vigorosa. De terça-feira a domingo, das 10h às 18h. Até 28 de maio. Nas galerias 1 e 2 da Fundação Cidade das Artes.

 

*ZIEMBINSKI SOB A LUZ – Exposição permanente (Varal do Zimba) no hall do teatro com fotos, textos e artigos relevantes sobre o grande artista Ziembinski, seu trabalho e vida. A residência artística Ziembinski (Com)Vida criou essa exposição como forma de homenagear esse trabalhador das artes que tanto contribuiu para a cultura nacional, além de difundir sua história junto ao público mais jovem. Direção de Monique Carvalho. Direção de produção de Robson Sanchez. Pesquisa de Gabriel Garcia. Programação Visual: Epifania 03 - Thiago Ristow. De terça-feira a domingo, das 14h às 22h. Teatro Municipal Ziembinski. Classificação: livre.

 


DANÇA

 

1a EDIÇÃO DO CAMPEONATO ELITE KIDS – Festival voltado para crianças desde o baby classe até o infanto-juvenil, que reúne academias da Baixada Fluminense e o Grande Rio. Dia 28 de maio, domingo, às 10h. R$ 10 (alunos do Estúdio) e R$ 15 (antecipado). Lona Cultural Municipal Carlos Zéfiro. Classificação: 16 anos.

 

EXPODANCE - 20 ANOS – A Expodance completa 20 anos auxiliando na formação de plateia, integrando bailarinos e coreógrafos, estimulando novos talentos e divulgando grupos e escolas de dança. A Mostra leva ao palco apresentações de balé clássico, moderno, contemporâneo, jazz, sapateado, estilo livre, danças urbanas (hip hop, stiletto, break dance), dança de salão, dança do ventre, afro, dança profética (gospel), dança folclórica e dança flamenca. O intuito é exatamente o de unir estilos, pessoas e a cultura de cada região. Dia 27 de maio, sábado, às 17h. R$ 25. Areninha Carioca Hermeto Pascoal. Classificação: livre.

 

UM DIA POP – Com o objetivo de proporcionar aos nossos alunos uma maior oportunidade de vivenciar o palco, o espetáculo de Helena Andrade e Dora Bittencourt traz números de Jazz, Stilleto e Tap desenvolvidos na escola Bel Dance. Modalidades mais despojadas, mas com rigor técnico. Direção de Helena Andrade e Dora Bittencourt. Dia 28 de maio, domingo, às 16h e às 19h. R$ 20. Teatro Municipal Ziembinski. Classificação: livre.

 


CURSOS, DEBATES E OUTROS

 

*AULÃO DE DANÇA DE SALÃO – Ministrada por Leila Santos, a Praça de Convivência é tomada por essa atividade lúdica, que é um espaço agradável para aprendizado e prática de ritmos de dança de salão para alunos de todas as idades. Quartas-feiras, das 19h às 21h. Arena Carioca Carlos Roberto de Oliveira – Dicró. (Tel.: 3486-7643). Classificação: livre.

 

*CINECLUBE CENA URBANA – Fruto de parceria entre o MINC, Secretaria do Áudio Visual e Ação Cine Mais Cultura com a Associação Cultural Cena Urbana e desta, com o Centro Cultural Municipal Laurinda Santos Lobo, o cineclube foi inaugurado em 2010 em Santa Teresa, trazendo como proposta a democratização do acesso à obras do Cinema Nacional, Cinema Ambiental e a criação de um programa de formação de plateia em audiovisual. Domingos, às 11h. Centro Cultural Municipal Laurinda Santos Lobo.

 

MACARATU ELETRÔNICO POR FUSO COLETIVO – Formas e cores que procuram reinterpretar o folclore brasileiro por meio de figuras lúdicas que exprimem as histórias populares esquecidas: do bumba meu boi do norte do Brasil aos emblemáticos caboclos de lança do Maracatu. Boitatá, caipora, curupira, gralha azul, onça maneta, procissão das almas. Um baile cigano que remixa orixás, tupis-guaranis e umbandistas. Um espelho da complexidade cultural fundada sobre as mais diversas crenças e religiões. Portugueses, hebreus, escravos, judeus, holandeses e franceses. O catolicismo, a religião mosaica, os sacerdotes africanos, as religiões anímicas se encontram com os cultos totêmicos indígenas que invocam dos deuses da natureza. De segunda a sexta-feira, das 13h às 22h, e sábados e domingos, das 10h às 22h. Imperator - Centro Cultural João Nogueira (Tel.: 2597-3897). Classificação: livre.

 

*OFICINAS NO DYLA – Teatro adulto – sábados, das 11h às 13h30; Baralho Cigano – quartas, das 14h às 16h; Dança Cigana, quartas, das 16h às 18h; Dança de Salão – segundas e quartas, das 9h às 13h; Jongo – segundas, das 14h às 16h; Dança do Ventre – quartas, das 18h às 19h; Forró – das 17h às 18h30; Preparação Vocal – quintas, das 15h às 16h; Canto Coral – quintas, das 16h às 18h; Capoeira – sextas, das 18h às 19h; Violino – sábados, das 10h às 12h; Ioga – quintas, das 17h às 18h; e Sextas, das 9h às 10h. Centro Cultural Municipal Dyla Sylvia de Sá (Tel.: 3833-4769).

 

OFICINAS DE ARTE DA ARENINHA CARIOCA GILBERTO GIL – Ginástica, segundas, quartas e sextas, das 7h às 8h; Teatro, segundas, das 18h30 às 20h30; Violão, segundas, das 14h às 16h; Jazz, terças e quintas, das 15h às 16h; Balé, terças e quintas, das 16h às 17h; Ballet-Baby Class, terças e quintas, das 17h às 18h; Capoeira, terças e quintas, das 18h às 19h; Dança de Salão, terças e quintas, das 19h30 às 21h; Dança do Ventre, quartas, das 18h às 20h; Dança Cigana, quartas, das 20h às 21h; e Informática, quartas, das 13h às 17h. Areninha Carioca Gilberto Gil.

 

OFICINAS DA ARENINHA CARIOCA HERMETO PASCOAL – Teatro infantil, segundas, das 18h às 19h30 (de 6 a 12 anos), e teatro juvenil, das 18h às 20h (de 13 a 21 anos), com Marcelo Lavinas. Ginástica rítmica, terças, às 10h30 ou às 14h (de 8 à 12 anos), com Débora. Violão (iniciante), terças, das 19h às 20h (10 anos), com Michael Sapienzza. Jazz, quintas, das 14h às 15h (de 8 a 12 anos), com Débora. Capoeira, quintas, das às 19h (6 anos), com Nem. Dança de Salão, quintas das 19h às 20h (18 anos) com Prof. Felipe Rangel. Areninha Carioca Hermeto Pascoal. Classificação: livre.

 

OFICINA DE LITERATURA INFANTIL E JUVENIL – Panorama histórico da literatura infantil brasileira, com Cintia Barreto. Fábulas, Contos de Fadas e Poesia: tradição e contemporaneidade. Aspectos da Literatura para Crianças. Principais temas, autores e ilustradores. A Lei 11.645/08: sugestões de livros de temáticas africanas e indígenas. Elaboração de plano de aula com livros infanto-juvenis. Confecção de livros artesanais. Inscrições: saladeleitura@cidadedasartes.org ou 3325-0448. Exclusivo para professores, bibliotecários e agentes de leitura. São 50% de desconto para professores da rede municipal. Mínimo de oito pessoas para a realização do curso. Capacidade: 30 vagas. Investimento: R$ 300. Fundação Cidade das Artes.

 

OFICINAS ARENINHA CARIOCA HERMETO PASCOAL – Teatro Infantil, com o Prof. Marcelo Lavinas, segundas, das 18h às 19h30 (de 6 a 12 anos); Teatro Juvenil, com o Prof. Marcelo Lavinas, segundas, das 18h às 20h (de 13 a 21 anos); Ginástica Rítmica, com a Prof. Débora, terças, às 10h30 ou às 14h (de 8 a 12 anos); Violão (iniciante), com o Prof. Michael Sapienzza, terças, das 19h às 20h (a partir 10 anos); Jazz, com a Profa. Débora, quintas, das 14h às 15h (de 8 a 12 anos); Capoeira, com Prof. Nem, quintas, das 18h às 19h (a partir dos 6 anos); e Dança de Salão, com o Prof. Felipe Rangel, quintas, das 19h às 20h (a partir dos 18 anos). Areninha Carioca Hermeto Pascoal.

 

OFICINAS NO CALOUSTE – Cerâmica Artística, com Dony Gonçalves, quintas (9h às 12h; 14h às 17h) e sexta (9h às 12h), R$ 210; Tingimento no Tecido com Artes, com Jana Apolônio, terças (9h às 12h), R$ 120; Bordado em Pedrarias, com Milena Carvalho, segundas (14h às 17h), R$ 120; Corte e Costura, com Milena Carvalho, terças (9h às 12h) e quartas (14h às 17h), R$ 120; Artesanato em madeira e cerâmica/pátina/mosaico, com Ricardo Moreira, quartas (9h às 12h; 14h às 17h), R$ 225; Atelier de Experimentação Escultórica, com Sandro Lucena, segundas (14h às 17h ou 18h às 21h) e quintas (9h às 12h; 14h às 17h ou 18h às 21h), R$ 210; Reaproveitamento Criativo de Materiais, com Jac Carrara, quartas (9h às 12h), R$ 100; Restauro em Obras de Artes, com Darcílio Soares, segundas (14h às 17h ou 18h às 21h), R$ 200; Atelier de Pintura,com Roberto Tavares, segundas (14h às 17h) e quartas (18h às 21h), R$ 250; Entalhe, com Darcílio Soares, terças (14h às 17h ou 18h às 21h), R$ 200; Xilografia, com Bárbara Sotério, terças, (18h às 21h), R$ 160; Teoria Musical, com Adão Rodrigues, terças (14h às 17h) e quintas (14h às 18h), R$ 120; Jóias – do desenho ao protótipo, com Rosana Galvão, quartas (14h às 17h) e quintas (9h às 12h), R$ 160; e Fotografia, Guilherme Silva, quartas (9h às 12h ou 14h às 17h), R$ 120. Lembrando que além da mensalidade, todos os cursos têm uma taxa de matrícula de R$ 30. As inscrições na Secretaria de Cursos (sala 212). Informações pelo telefone 2292-7546, de segunda-feira a sexta-feira, das 10h às 16h. Centro Municipal de Cultura e Cidadania Calouste Gulbenkian.

 

*OFICINA DE DANÇA AFRO – Com Omar Jimenez. Terças e quintas, das 14h às 16h30, e sábados, das 10h30 às 12h. Centro Cultural Municipal José Bonifácio (Tel.: 2233-7754).

 

*OFICINAS CULTURAIS PERMANENTES DO ZIMBA TEATRO - DANÇA – CIRCO – As Oficinas Culturais Permanentes oferecem um espaço de experimentação, onde crianças, adolescentes e adultos podem descobrir potencialidades criativas através do teatro, da dança e do circo. A partir de jogos/improvisações/provocações, os participantes serão estimulados a se expressarem em grupo e individualmente. Direção artística de Monique Carvalho. Com Rohan Baruck (teatro), Jenniffer Mercedes (dança) e Daniel Poittevin e Renê Carvalho (circo). Terças: circo, das 14h30 às 16h30; balé (de 7 a 12 anos), das 18h30 às 19h30; e jazz, das 17h às 18h. Sábados: teatro infantil, das 10h às 12h; e teatro adolescente, das 12h às 14h. Domingos: dança de salão, das 10h às 12h. Teatro Municipal Ziembinski. Vagas: 30 alunos por turma. Inscrição pelo e-mail: teatrozimba.cultura@gmail.com

 

*TEATRO EM COMUNIDADES – Aulas de teatro para jovens de 13 a 17 anos, oferecidas pelo projeto de extensão da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro "Teatro em Comunidades". Coordenação geral de Marina Henriques Coutinho (UNIRIO). Sábados, das 10h15 às 12h30. Arena Carioca Carlos Roberto de Oliveira – Dicró.

 


LEITURA

 

*BANCA DE LIVROS – Cinco bancas de jornais transformadas em bibliotecas públicas, com 300 títulos em cada, além de bibliotecários e contadores de histórias formam o projeto Banca de Livros. Direção de produção: Miguel Gomes. Assistente de produção: Amandha Nery. Coordenação de montagem, design gráfico e web: Elpídio Duarte. Projeto pedagógico e direção geral: Graça Gomes. De segunda a sexta, das 9h às 17h, e sábados, das 9h às 14h. Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas. Classificação: livre.

 

BIBLIOTECA COMUNITÁRIA DO ZIMBA – A residência artística Ziembinski (Com)Vida propõe a criação de uma charmosa biblioteca no hall do teatro que possibilita a troca de livros em bom estado de conservação, em parceria com o programa Troca-Troca de Livros. De terça-feira a domingo, das 14h às 22h. Teatro Municipal Ziembinski (Tel.: 3234-2003). Classificação: livre.

 

*ENCONTRO DOS POETAS – CASA DOS POETAS – Encontro dos escritores poetas, sempre no último sábado de cada mês. Dia 27 de maio, sábado, das 14h às 16h. Centro Cultural Municipal Dyla Sylvia de Sá (Tel.: 3833-4769).

 

*TROCA-TROCA DE LIVROS – Contação de histórias com Bianca Barbosa, das 11h às 12h. Troca-troca todos os domingos, das 10h às 14h. Imperator - Centro Cultural João Nogueira. (Tel.: 2597-3897) Classificação: livre.

 

*TROCA-TROCA DE LIVROS – O projeto Troca-Troca de Livros é mais do que uma simples troca de um livro pelo outro. É um ato de mediação e formação de leitores, portanto deve-se seguir certos padrões de atendimento e mediação. Terças e sextas, das 10h às 16h, na Biblioteca Popular da Gamboa. Centro Cultural Municipal José Bonifácio (Tel.: 2233-7754).

 

*MIDIATECA – Localizada no 3º andar do Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, a Midiateca é um espaço de pesquisa e memória da dança. Possui em seu acervo livros, publicações e vídeos. De terça a sexta-feira, das 10h às 18h, e sábados, das 10h às 16h.

*OFICINA EXPERIMENTAL DE POESIA – Encontro de leitores, curiosos, poetas e pesquisadores para o compartilhamento de processos artísticos, escrita, leitura e crítica de poesia. Quartas-feiras, às 19h. Imperator – Centro Cultural João Nogueira (Tel.: 2597-3897). Classificação: livre.

 

BIBLIOTECA POPULAR ABGAR RENAULT
Centro Administrativo São Sebastião – CASS. A biblioteca funciona, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, na Biblioteca Popular Abgar Renault.


*SARAU DAS QUARTAS – Vivência com textos literários compartilhados em uma roda de rima e prosa. Tema: Poemas de poetas consagrados falando sobre as mães, Vinicius de Moraes, Manoel Bandeira, Carlos Drummond de Andrade. Dia 31 de maio, quarta-feira, às 15h. Sala 251.

 

BIBLIOTECA POPULAR DE BOTAFOGO


*BIBLIOTECA VIRTUAL – Utilização do computador com acesso à internet por uma hora. De segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, e sábados, das 10h às 15h. Classificação: livre.


*ENCONTRO DE GERAÇÕES – Debate sobre assuntos da atualidade (política, cultura, saúde, etc.), valorizando a experiência de quem chegou à maturidade. Coordenado pela Associação dos Amigos da Biblioteca de Botafogo. Dia 26 de maio, sexta, das 15h às 16h30.


*PRECISAMOS FALAR SOBRE SHAKESPEARE – Exercitar a reflexão, curiosidade e crítica dos participantes, a partir da leitura e de discussões realizadas ao longo dos encontros. Coordenado por Lísia Filgueiras. Dia 30 de maio, terça, das 15h às 16h30. Classificação: jovens e adultos.


RODA DE CANTO E POESIA – Apresentação musical de pessoas da comunidade. Coordenado por Mariá Nogueira. Dia 25 de maio, quinta-feira, das 13h30 às 17h. Contribuição facultativa de R$ 2 a R$ 5.


*TROCA-TROCA DE LIVROS – Programa de incentivo a leitura onde você pode trocar até dois livros de literatura em bom estado. De segunda a sexta, das 9h às 17h, aos sábados, das 10h às 15h. Classificação: livre.


*AULAS DE XADREZ – Com o Dr. Átila Flegner. Segundas-feiras, das 14h30 às 17h.


CURSO DE DESENHO E COLAGEM – Ministrado por Patrícia Francisco. Quartas-feiras, de 14h às 16h. R$ 100 (mensalidade).


CURSO DE PINTURA – Ensino da técnica de pintura a óleo sobre tela. Ministrado por Marilu Leda Elias de Carvalho. Quartas-feiras, das 9h às 12h. R$ 100 (mensalidade).


CURSO BÁSICO DE ESPANHOL – Curso Básico de Espanhol ministrado por José Luiz. Básico I – segundas e sextas, às 9h30; Básico II – terças, às 10h; Básico III – quartas, às 14h30; R$ 100 (mensalidade).


CURSO DE FRANCÊS – Ministrado por Cristian Egídio. Básico I (iniciantes) – sextas, das 13h às 15h e sábados, das 10h às 12h; Básico II – sextas, das 15h às 17h; Básico I - segundas, das 13h às 15h; Básico II – segundas, das 15h às 17h. Mensalidade: R$ 100.


CURSO DE ALEMÃO – Ministrado por Cristian Egídio. Básico I (iniciantes) – sábados, das 12h às 14h. Mensalidade: R$ 100.


CURSO DE ITALIANO – Curso livre de idiomas, com José Aparecido. Quintas, das 15h às 17h ( Básico I). R$ 100.

 

BIBLIOTECA POPULAR DE CAMPO GRANDE


*BIBLIOTECA VIRTUAL – De segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. Período máximo de acesso à internet de uma hora, com agendamento prévio.
*PROJETO UM LIVRO DE PRESENTE – Doação de livros. Terças e quintas, das 9h às 16h.


*TROCA-TROCA DE LIVROS – De segunda a sexta, das 9h às 16h.


*CHARADA LITERÁRIA – Promoção cultural realizada no Facebook da Biblioteca toda sexta-feira e que consiste em premiar com um livro a primeira pessoa que responder corretamente a charada, com temática literária, enviada em nossa página. O sorteado deverá comparecer à Biblioteca para retirar o seu prêmio. Sexta-feira, das 9h às 17h.


BIBLIOTECA POPULAR DA ILHA DO GOVERNADOR


*BIBLIOTECA VIRTUAL – De segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, e sábados, das 10h às 13h.


*A ARTE E O ARTISTA EM PRIMEIRO PLANO – O artista plástico Valdir Pereira Augusto dá aulas de desenho e pintura para todas as idades e talentos. Aulas de desenho e pintura para todas as idades e talentos. A única condição é a vontade de aprender. Quartas-feiras, das 13h às 16h30, sextas-feiras, das 9h às 16h30.


*PROJETO UM LIVRO DE PRESENTE – Nesses dois dias da semana, a Biblioteca presenteará seus leitores com até dois livros dentre os disponíveis para o projeto como forma de incentivo à leitura. Terças e quintas, das 9h às 16h.


*CHARADA LITERÁRIA – Promoção cultural realizada no Facebook da Biblioteca toda sexta-feira e que consiste em premiar com um livro a primeira pessoa que responder corretamente a charada, com temática literária, enviada em nossa página. O sorteado deverá comparecer à Biblioteca para retirar o seu prêmio. Sexta-feira, das 9h às 17h. Classificação: livre.


*MANHÃ DE SARAU COM SARAUZEIRAS ONÍRICAS: HOMENAGEM AS MÃES – Nesse dia três mulheres, mães e guerreiras, nos presentearão com uma bela manhã de poesias que abrangem a sua trajetória de vida e farão uma bela homenagem as mães. Dia 3 de maio, quarta-feira, das 10h às 12h. Classificação: livre.

 

BIBLIOTECA POPULAR DE IRAJÁ


*TROCA-TROCA DE LIVROS – Traga um livro de literatura em bom estado e troque por outro. De segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

*PEGUE E LEVE – Atividade tem como objetivo fazer com que o livro "circule", através da doação de livros para o público que frequenta a Região Administrativa. De segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Local: Complexo da RA. Classificação: 6 anos.


*VENHA FAZER ORIGAMI! – Oficina de origami, a arte milenar de criar figuras em dobraduras de papel. Segundas-feiras, das 14h às 16h. Classificação: 10 anos.


*IRAJÁ NAVEGANDO NA INTERNET – Acesso gratuito a internet, de 2 a 31 de maio, das 9h às 15h30. Classificação: 10 anos.

 

BIBLIOTECA POPULAR VOLANTE - JOÃO ANTONIO


*BIBLIOTECA VOLANTE – para empréstimos de livros é necessária a seguinte documentação: identidade, comprovante de residência e autorização (para menores de 15 anos). Cada usuário pode levar até dois livros pelo prazo de 14 dias. A devolução deverá ser feita no mesmo local onde foi realizado o empréstimo ou na Av. Monsenhor Félix, 512 – Irajá. Itinerário: das 10h às 14h. Programação de MAIO:
Dia 26 – Pavuna – R. Com. Guerra (Pr. N.S. Das Dores)
Dia 30 – Coelho Neto - Av. Automóvel Club, 10154 (Pr.Virgínia Cidade)

 

BIBLIOTECA POPULAR DE JACAREPAGUÁ


*BIBLIOTECA VIRTUAL – de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.


*TROCA-TROCA DE LIVROS – Traga um livro de literatura em bom estado e troque por outro. De segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.


*ARTESANATO – A professora ensina técnicas de artesanato para todas as idades. Quartas-feiras, das 9h às 11h. Classificação: livre.


*CORTE E COSTURA – A professora ensina técnicas de costura. Segundas e terças, das 13h às 15h. Classificação: livre.


*LIVRO DE MÃO EM MÃO – A biblioteca doará aos seus leitores até dois livros dentre os disponíveis para o projeto como forma de incentivo à leitura. Sextas-feiras, das 9h às 17h. Classificação: livre.


*ROMANCES E POESIAS PARA AS MÃES – Exposição de livros com a temática de mães. De segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Classificação: livre.

 

BIBLIOTECA POPULAR DE SANTA TERESA


*TROCA-TROCA DE LIVROS – Traga um livro de literatura em bom estado e troque por outro. Todas as quartas-feiras, das 9h às 16h.

 

BIBLIOTECA POPULAR DO RIO COMPRIDO – ANNITA PORTO MARTINS


*BIBLIOTECA VIRTUAL – Utilização do computador com acesso à internet por uma hora. De segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. Classificação: livre.


*TROCA-TROCA DE LIVROS – De segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.


*OFICINA DE ARTESANATO – Coordenado por Benedito de Matos. Quintas-feiras, às 14h. Classificação: livre.


*PROJETO IDAS E VINDAS – Contação de histórias e interação de jovens e crianças. Coordenado por Benedito de Matos. Segundas-feiras, às 10h, e às 14h. Classificação: livre.


*QUINTAS AFETIVAS – Ciclo de histórias e contos, rodas de leitura e atividades lúdicas. Coordenado por Benedito de Matos. Quintas-feiras, às 10h. Classificação: livre.

 

BIBLIOTECA POPULAR DA TIJUCA - MARQUES REBELO


*BIBLIOTECA VIRTUAL – De segunda a sexta-feira, das 9h30 às 15h30. Sábados e domingos, das 10h30 às 15h30.


*TROCA-TROCA DE LIVROS – Programa de incentivo à leitura onde você pode trocar até dois livros de literatura em bom estado. De segunda a sexta, das 9h às 17h. Sábados e domingos, das 10h às 15h. Classificação: livre.


*ABOLIÇÃO DA ESCRAVATURA – Mostra de livros sobre o tema. De 2 a 31 de maio, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Classificação: livre.


*CASA DO MEDO – Encontros da Casa do Medo associação de autores dos mais diversos ramos interessadas em produzir elementos narrativos literários e artísticos dentro da perspectiva do medo: Literatura, quadrinhos, ilustrações, cinema, documentários, teses, teatro, música, poesia, dentre outras atividades. Coordenado por Roberta Pauletich. Dia 27 de maio, sábado, das 13h às 16h.


*CASA DO MEDO – Encontros da Casa do Medo associação de autores dos mais diversos ramos interessadas em produzir elementos narrativos literários e artísticos dentro da perspectiva do medo. Com literatura, quadrinhos, ilustrações, cinema, documentários, teses, teatro, música e poesia. Coordenado por Roberta Pauletich. Dia 29 de abril, sábado, das 13h às 16h.


*PROJETO ITÁ – Aulas de reforço de português e matemática para crianças da comunidade do entorno com inscrição prévia e limitada. Coordenado pela ADEC. Dia 27 de maio, sábado, das 10h às 12h. Classificação: de 7 a 11 anos.

 


FUNDAÇÃO PLANETÁRIO
Rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100 – Gávea.
Funcionamento: de segunda-feira a domingo.
Exposições: de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e sábados, domingos e feriados, das 14h30 às 17h.
Museu do Universo – De terça a domingo, das 14h30 às 17h. R$ 13 e (R$ 6,50 meia)
Sessões de Cúpula* (com exposições): de terça a domingo e feriado, às 15h, às 16h e às 17h - R$ 26, inteira e (R$ 13, meia).
*A venda de ingressos para as Sessões de Cúpula se encerra 10 minutos antes do início das sessões.

 

EXPOSIÇÕES

EXPERIMENTOS INTERATIVOS – São 60 experimentos interativos divididos em três áreas: astronomia fundamental; astrofísica e nave escola que revelam os mistérios que cercam o espaço e explicam uma série de curiosidades sobre o Sistema Solar.

 

O UNIVERSO DESLUMBRANTE – Cinco painéis com 38 fotografias contam a história dos 50 anos da fundação do Observatório Europeu do Sul. A exposição mostra imagens captadas a partir dos poderosos telescópios instalados no deserto chileno e explica a tecnologia utilizada para os registros deslumbrantes do Universo.

EXPOLUZ – A exposição em comemoração ao Ano Internacional da Luz decretado pela UNESCO, conta com três painéis que contemplam toda trajetória e a importância dessa onda eletromagnética para a humanidade.

*OBSERVAÇÃO DO CÉU – Orientada por uma equipe de Astrônomos, as observações acontecem às quartas-feiras (exceto feriados), às 18h30. A observação depende das condições meteorológicas. Distribuição de senhas 30 minutos antes do início da atividade. 

 

 

ENDEREÇO

 

ARENA CARIOCA ABELARDO BARBOSA - CHACRINHA

Rua Soldado Elizeu Hipólito, s/n esquina com Av. Litorânea - Pedra de Guaratiba

Tel.: 3404-7980

 

ARENA CARIOCA CARLOS ROBERTO DE OLIVEIRA - DICRÓ

Av. Brás de Pina, s/n, Parque Ary Barroso. Penha.

Entrada pela Rua Flora Lobo. Tel.: 3486-7643

 

ARENA CARIOCA FERNANDO TORRES

Rua Bernardino de Andrade, 200 – Parque Madureira – Madureira.

Tels.: 3495-3078 / 3495-3093

 

ARENA CARIOCA JOVELINA PÉROLA NEGRA

Praça Ênio, s/nº - Pavuna. Tel.: 2886-3889.

Estação Pavuna

 

ARENINHA CARIOCA GILBERTO GIL

Avenida Marechal Fontenelle, 5.000 – Realengo. Tels.: 3462-0774 / 3333-2889

Metrô + Integração SuperVia – Estação Magalhães Bastos

 

ARENINHA CARIOCA HERMETO PASCOAL

Praça 1º de maio s/nº – Bangu. Tel.: 3332-4909

 

ARENINHA CARIOCA RENATO RUSSO

Parque Manuel Bandeira, s/nº – Ilha do Governador. Tel.: 2467-7274

 

BIBLIOTECA POPULAR DE BOTAFOGO – MACHADO DE ASSIS

Rua Farani, 53 – Botafogo. Tel.: 2551-6911

Estação Flamengo

 

BIBLIOTECA POPULAR DE CAMPO GRANDE – MANOEL IGNÁCIO DA SILVA ALVARENGA

Praça Thelmo Gonçalves Maia, s/nº – Campo Grande. Tel: 3394-5509

Metrô + Integração SuperVia – Estação Benjamin do Monte

 

BIBLIOTECA POPULAR DA ILHA DO GOVERNADOR – EUCLIDES DA CUNHA

Praça Danaides s/n° - Cocotá. Tel.: 3368-7797

 

BIBLIOTECA POPULAR DO GUANDU – FERNANDO SABINO

Rua 12 – quadra 219 – Guandu – Santa Cruz. Tel.: 3395-1630 / 3365-6039

 

BIBLIOTECA POPULAR DO IRAJÁ – JOÃO DO RIO

Av. Monsenhor Félix, 512. Tel.: 2482-3582

Estação Irajá

 

BIBLIOTECA POPULAR DE JACAREPAGUÁ - CECÍLIA MEIRELES

Rua Dr Bernardino, 218 - Praça Seca. Tel.: 3833-0084

 

BIBLIOTECA POPULAR DA MARÉ – JORGE AMADO

Rua Ivanildo Alves, s/nº - Complexo da Maré. Tel.: 3105-6815

 

BIBLIOTECA POPULAR DE SANTA TERESA – JOSÉ DE ALENCAR

Rua Monte Alegre, 306 – Santa Teresa. Tel.: 2224-2358

 

BIBLIOTECA POPULAR DA TIJUCA – MARQUES REBELO

Rua Guapeni, 61 – Tijuca. Tel.: 2204-0752

Estação Saens Peña

 

BIBLIOTECA POPULAR DO RIO COMPRIDO - ANNITA PORTO MARTINS-

Rua Sampaio Viana, 357 – Rio Comprido. Tel.: 3081-0496

BIBLIOTECA POPULAR DA TIJUCA - MARQUES REBELO

Rua Guapeni, 61 – Tijuca – Tel.: 2204-0752

 

CENTRO COREOGRÁFICO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

Rua José Higino, 115 – Tijuca. Tels.: 3238-0601 / 3238-0357 / 2268-7139

Estação Saens Peña (integração)

 

CENTRO CULTURAL MUNICIPAL LAURINDA SANTOS LOBO

Rua Monte Alegre, 306 - Santa Teresa. Tels: 2215-0618 / 2224-3331

 

CENTRO CULTURAL MUNICIPAL ODUVALDO VIANNA FILHO (CASTELINHO DO FLAMENGO)

Praia do Flamengo, 158. Tel.: 2205-0655 / 2205-0276

Estação Largo do Machado

 

CENTRO CULTURAL MUNICIPAL PARQUE DAS RUÍNAS

Rua Murtinho Nobre, 169 – Santa Teresa. Tels: 2215-0621 / 2224-3922

 

CENTRO CULTURAL MUNICIPAL PROFª DYLA SYLVIA DE SÁ

Rua Barão, 1180 – Praça Seca. Tels: 3833-4769

 

CENTRO CULTURAL MUNICIPAL JOSÉ BONIFÁCIO

Rua Pedro Ernesto, 80 – Gamboa

Tel.: 2233-7754

 

CENTRO MUNICIPAL DE CULTURA E CIDADANIA CALOUSTE GULBENKIAN

Teatro Gonzaguinha

Rua Benedito Hipólito, 125 - Praça Onze. Tels: 2224-2628 / 2224-8300 / 2234-5747

Estação Praça Onze

 

CENTRO MUNICIPAL DE ARTE HÉLIO OITICICA

Rua Luís de Camões, 68 – Centro. Tels: 2232-4213 / 2242-1012

Estação Carioca

 

CENTRO DA MÚSICA CARIOCA ARTUR DA TÁVOLA

Rua Conde de Bonfim, 824 – Tijuca. Tels: 3238-3831 / 3238-3743 / 3238-3880

Estação Saens Peña (integração)

 

ECOMUSEU DO QUARTEIRÃO CULTURAL DE SANTA CRUZ

Rua Afonso Cavalcanti, 455 / 2º andar, sala 217. Tels: 2976-2548 / 2976-1245

 

ESPAÇO CULTURAL MUNICIPAL SÉRGIO PORTO

Rua Humaitá, 163 – Humaitá. Tel.: 2535-3846

Estação Botafogo e Humaitá (Metrô na superfície)

 

FUNDAÇÃO PLANETÁRIO

Rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100 – Gávea. Tel.: 2274-0046

Estação Puc, Botafogo ou Ipanema/General Osório + Metrô na Superfície

 

FUNDAÇÃO CIDADE DAS ARTES

Av. das Américas, 5300 - Barra da Tijuca

Telefone: (21) 3325-0102

 

IMPERATOR – CENTRO CULTURAL JOÃO NOGUEIRA

Rua Dias da Cruz, 170 – Méier. Tels.: 2597-3897 / 2596-1090

 

LONA CULTURAL MUNICIPAL CARLOS ZÉFIRO

De terça a domingo, das 10h às 19h.

Estrada Marechal Alencastro, s/nº – Anchieta. Tel.: 2148-0813

Metrô + Integração SuperVia – Estação Magalhães Bastos

 

LONA CULTURAL MUNICIPAL ELZA OSBORNE

Estrada Rio do A, 220 – Campo Grande. Tels: 3406-8434 / 2413-2255 (fax)

Metrô + Integração SuperVia – Estação Campo Grande

 

LONA CULTURAL MUNICIPAL HERBERT VIANNA

Rua Ivanildo Alves s/nº – Nova Maré. Tels.: 3105-6815

 

LONA CULTURAL MUNICIPAL JACOB DO BANDOLIM

Praça Geraldo Simonard – Pechincha – Jacarepaguá. Tel.: 3173-5460

 

LONA CULTURAL MUNICIPAL JOÃO BOSCO

Av. São Félix, 601 – Parque Orlando Bernardes – Vista Alegre. Tel.: 2482-4316

 

LONA CULTURAL MUNICIPAL SANDRA DE SÁ

Rua 12, quadra 219 - Guandu 1. Tels.: 3365-6039 / 3395-1630

 

LONA CULTURAL MUNICIPAL TERRA

Praça Edson Guimarães s/nº. Guadalupe. Tels.: 3018-4203.

 

MEMORIAL MUNICIPAL GETÚLIO VARGAS

Praça Luís de Camões s/n – Glória. Tel.: 2237-5234 / 2205-8191

 

MUSEU HISTÓRICO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

Estrada Santa Marinha s/nº – Gávea

Tels.: 2512-2353 / 2294-5990

 

MUSEU DE ARTE DO RIO – MAR

Praça Mauá, 5, Centro. Telefone: 3031-2741

 

MUSEU DO AMANHÃ

Praça Mauá, 1, Centro.

 

SALA MUNICIPAL BADEN POWELL

Av. Nossa Senhora de Copacabana, 360 – Copacabana. Tels: 2255-1067 / 2255-1366

Estação Cardeal Arcoverde

 

TEATRO IPANEMA

Rua Prudente de Moraes, 824 A – Ipanema

Tels.: 2267-3750

Estação Nossa Senhora da Paz

 

TEATRO MUNICIPAL CAFÉ PEQUENO

Av. Ataulfo de Paiva, 269 – Leblon. Tel.: 2294-4480

Estação Jardim de Alah e Ipanema/General Osório

 

TEATRO MUNICIPAL CARLOS GOMES

Praça Tiradentes s/nº – Centro. Tels: 2215-0556 / 2224-3602.

Estação Carioca

 

TEATRO DE FANTOCHES E MARIONETES CARLOS WERNECK DE CARVALHO

Aterro do Flamengo (altura do nº 300 da Praia do Flamengo, esquina com a R. Tucumã)

Estação Flamengo

 

TEATRO MUNICIPAL MARIA CLARA MACHADO

Rua Padre Leonel Franca, 240 – Gávea. Tel.: 2274-7722

Estação Ipanema e General Osório (Metrô na superfície)

 

TEATRO MUNICIPAL SERRADOR

Rua Senador Dantas, 13 – Centro. Tel.: 2220-5033

 

TEATRO MUNICIPAL ZIEMBINSKI

Rua Heitor Beltrão s/nº – Tijuca. Tels.: 3234-2003 / 3234-2815

Estação São Francisco Xavier

 

TEATRO MUNICIPAL DE GUIGNOL DO MÉIER

Praça Jardim do Méier (ao lado do Hospital Municipal Salgado Filho)

Estação São Francisco Xavier (integração)

 

TEATRO MUNICIPAL DE GUIGNOL DA TIJUCA

Praça Comandante Xavier de Brito (entre a Av. Maracanã e Rua Otávio Kelly)

Estação Saens Peña (integração)




Serviços Serviços