EMOC

 

A 11ª CRE na luta contra as Drogas

A 11ª CRE na luta contra as Drogas

 

 
No dia 25 de Junho,  as escolas E.M. Cuba (11.20.001), E.M. Jornalista Orlando Dantas (11.20.004), E.M. Brigadeiro Eduardo Gomes (11.20.012) e EMOC Nelson Prudêncio (11.20.032) uniram-se em prol de um objetivo comum: a luta contra as drogas. A fim de promover a cultura da prevenção ao uso das drogas no âmbito escolar, as unidades promoveram um dia de atividades para envolver toda a comunidade.
 
 

 
Representantes de alunos e professores das quatro escolas envolvidas no projeto


 

 
A culminância do Projeto - aconteceu na Escola Municipal Olímpica localizada na Ilha do Governador. Os alunos conversaram e ouviram sobre a temática da prevenção das drogas. 
 
 
 
Ao longo do mês, os alunos das quatro escolas envolvidas desenvolveram atividades sobre a temática da prevenção às drogas, debates sobre os efeitos sociais do uso destas, bem como experiências e artigos  científicos. As escolas fizeram uma caminhada simbólica na pista de atletismo do EMOC Nelson Prudêncio.
 
O objetivo da ação também foi estimular a participação das famílias nas práticas de atividade física, sendo a caminhada a atividade física mais simples e fácil do jovem realizar junto de seus responsáveis.

 

 
Algumas das atividades desenvolvidas pelos alunos ao longo de três meses de projeto
 
 
No decorrer do dia, os alunos desenvolveram oficinas de dança e aeróbica e trouxeram cartazes e atividades realizadas nas suas unidades escolares. Distribuíram panfletos criados pelos próprios alunos no entorno do EMOC e ainda para os frequentadores da Vila Olímpica.
 
O esporte sozinho, não é suficiente para afastar a droga da vida dos jovens, mas a prática esportiva, associada ao fornecimento de informações sobre os efeitos dos entorpecentes e a capacitação dos treinadores/professores, assim como a participação dos pais ou cuidadores é um conjunto ideal.
 
 

 
Alunos fazem "aulão" de aeróbica 

 
 

 
Atividades de dança e alongamento são exemplos de práticas saudáveis
 
 
A família é imprescindível, tanto na prevenção ao uso de álcool e outras drogas, como no tratamento das dependências. Na prevenção, é importante que a família promova um vínculo adequado com os filhos, tenha hábitos saudáveis de vida e promova atividades conjuntas, como almoçar ou jantar, sair, praticar esportes e lazer.
 
 

 
Panfleto criado pelos alunos da Escola Municipal Cuba para conscientização das famílias

 
 
 
 
O projeto Corra das Drogas faz parte das ações do Programa Tirando a Droga de Cena, promovido pela Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro. Ele nasceu da iniciativa do professor Diogo Dias de Paula Muniz, da E.M. Escola Municipal Guilherme Tell, que, após vivenciar a formação oferecida pelo Programa em 2011, criou a ação Correndo das Drogas e a desenvolve desde então em sua Unidade Escolar, contagiando a todos da comunidade escolar.
 
Agora, essa iniciativa será expandida pela SME para as unidades da Rede Pública Municipal localizadas próximas à orla da 2ª, 4ª, 7ª, 10ª e 11ª CRES. O objetivo é reconhecer e fortalecer as iniciativas nascidas do Programa na Rede e replicá-las. 
 
A ideia inicial era usar a corrida e a caminhada como criação de hábitos saudáveis e promoção de saúde, o que afasta o jovem do uso de drogas, bem como outras modalidades esportivas. A ideia é que drogas e esportes caminham em sentidos opostos. 

 


 
Parabéns pelo trabalho!
 
 
Quer saber mais sobre?
 
11 ª Coordenadoria Regional de Educação
Endereço: Estrada de Maracajás 1294, Galeão - RJ
Telefone: (21) 3975-2477
E-mail: cre11@rioeduca.net
Coordenadora: Tânia Maria de Souza Bendas 
 

 
 

 
Compartilhe
Média (0 Votos)

Mostrando 1 - 1 de 2 resultados.
Itens por página 1
de 2
Desenvolvido pela Assessoria de Tecnologia da Informação.
Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro - Sede: Rua Afonso Cavalcanti, 455 - Cidade Nova - 20211-110