POR UM DIA A DIA MAIS POÉTICO

04/11/2013 04:00:00


 

As professoras Jaspe Mattos e Danielle Linhares (à direita),
idealizadoras do projeto

 

Andar pelas ruas da cidade pode ser surpreendente. Não estamos falando apenas das belezas naturais do Rio, mas sim da oportunidade de esbarrar com poesias espalhadas pelos espaços públicos. Isso graças ao projeto "Leve, Poesia Leve", idealizado pelas professoras Danielle Linhares e Jaspe Mattos, da Secretaria Municipal de Educação. Uma ideia diferente, que espalha poesias pela cidade em um varal colorido para que os pedestres possam ler e levar aquelas que preferirem.

 

Segundo Danielle, que está na prefeitura desde 2001 e é uma verdadeira apaixonada por lecionar, o projeto teve início em julho deste ano. "Sempre sonhei com um projeto que levasse o universo poético para as ruas, para lugares inusitados, pegando os transeuntes de surpresa, mostrando que a poesia pode estar presente em qualquer lugar. ‘A poesia é algo que anda pela rua', disse o poeta espanhol Federico García Lorca, e isso é fato. O sonho tornou-se realidade quando conheci a também professora da Rede, Jaspe Mattos, que me deu coragem, e assim, iniciamos o projeto em julho, na Praça Cardeal Arcoverde, em Copacabana. Foi um sucesso e aqui estamos nós."

 

Com passagens pela Praça Cardeal Arcoverde, Quinta da Boa Vista, Cinelândia e Biblioteca Vinicius de Moraes, no Leblon, o projeto é realizado, além das professoras já citadas, pelo agente educador Franklim Rodrigues e pela filha de Danielle, Mariana Linhares, uma adolescente que também ama poesia. Com uma repercussão que tem sido bem acima do esperado, os convites não param de chegar para novas visitas do projeto. Um deles, já agendado, é um grande evento do Grupo Nós do Morro, no Vidigal.

 

De acordo com Danielle, a reação das pessoas nas ruas é curiosa. "Elas são pegas de surpresa e não acreditam que o evento é gratuito. ‘Pode levar?' e ‘É de graça?' são as perguntas mais frequentes que recebemos. Mas o momento mais marcante até agora foi quando uma senhora recitou um poema de Vinicius de Moraes para uma amiga bastante idosa que não conseguia ler. Foi emocionante. Nosso maior prazer em levar adiante essa proposta é ver as pessoas lendo os poemas e sorrindo, felizes da vida! Gostaria de aproveitar e agradecer pela dedicação de profissionais da SME, como Cilene Alves (Gerência de Mídia - Educação), Rosi Mattos (GED - 2° CRE) e Denise Vasconcelos (amiga e Professora de Sala de Leitura)."

 

Quando perguntada sobre o significado do "Leve, Poesia Leve", Danielle aproveitou para recorrer à Cecília Meireles:

 

"Basta-me um pequeno gesto,
feito de longe e de leve,
para que venhas comigo
e eu para sempre te leve..."

 

Para saber mais sobre o projeto e acompanhar a sua programação, acesse o perfil no Facebook, pelo endereço: www.facebook.com/levepoesia. O Portal do Servidor curtiu essa ideia!


Imagens relacionadas:













































 


 

 

 

Matérias mais lidas - Out/16

LÍDERES CARIOCAS
EM PAUTA

 

 

Acredito na força transformadora das crianças

 

VIDAS DEDICADAS À EDUCAÇÃO

 

 

Revista Servidor+

 

Edição 10 - Outubro 2016
Especial Rio 2016