IPP promove tarde de autógrafos e debate sobre o livro "História do Rio de Janeiro em 45 objetos"

15/07/2019 17:32:00


No dia 8 de agosto, às 17 horas, o historiador Paulo Knauss,  diretor do Museu Histórico Nacional, estará no IPP para uma tarde de autógrafos do livro História do Rio de Janeiro em 45 objetos .  Paulo Knauss, Isabel Lenzi e Marize Malta são os organizadores dessa obra que conta a história da cidade a partir do estudo de 45 objetos encontrados nos museus do Rio. A programação inclui ainda um debate entre  Knauss e o Prof. de História da UFF, Mário Brum, que assina um dos capítulos do livro.  O evento acontece no auditório Carlos Nelson e segue para a Livraria do IPP.

 

Cada capítulo do livro gira em torno de um objeto que serve a um recorte temático sobre uma época ou aspecto da história e da cultura da cidade, sublinhando a diversidade da experiência urbana. Da saia de Carmen Miranda a uma roleta de jogo do bicho; da trave da forca de Tiradentes ao pince-nez de Machado de Assis; de um vaso tupinambá a um fragmento da Perimetral, o livro percorre mais de 450 anos da política, da cultura e dos costumes.

 

Dentre os 45 objetos preservados em 31 instituições do Rio de Janeiro, retratados e biografados neste livro, por 49 autores, dois ganham destaque, importância e uma “homenagem póstuma”: o Esqueleto de baleia e o Vaso de cerâmica Tupinambá; o primeiro destruído no incêndio do Museu Nacional e o segundo ainda não localizado desde a ocasião.  O livro contribui para sublinhar, por meio desses objetos desaparecidos , a necessidade de conservação do patrimônio histórico do Brasil.

 

A obra História do Rio de Janeiro em 45 objetos é uma publicação da Editora FGV em parceria com a Jauá Editora, com apoio da Faperj.




Informações sobre o Rio

 



 

Aplicativos Aplicativos