Tese premiada sobre população em situação de rua vira livro e lançamento será no IPP

24/10/2018 15:55:00


“Basta caminhar pelas ruas das grandes cidades e abrir os olhos. Eles estão lá”. Os moradores de rua. “Entretanto, não basta olhá-los, é preciso vê-los”. Foi guiado por essa proposta, que o geógrafo Igor Martins Robaina pesquisou diariamente, durante dois anos, o cotidiano dessas pessoas e seus percursos pela cidade do Rio de Janeiro. O trabalho lhe rendeu uma tese de doutorado, 1º lugar do concurso IPP - Maurício de Abreu 2017, e agora é lançado em livro: “População em situação de rua, espacialidades e vida cotidiana”. O lançamento será no dia 13 de novembro, às 17 horas, no Auditório Carlos Nelson na sede do Instituto Pereira Passos. O evento conta com a presença do autor que fará uma palestra sobre as principais questões abordadas em sua pesquisa.
 
A obra contribui para desconstruir a velha noção atribuída a esses personagens urbanos, vistos muitas vezes como vagabundos que perambulam sem rumo e ao acaso das circunstâncias. O autor, cujo pai já esteve em alguns momentos como uma pessoa em situação de rua, mostra que esses habitantes, ao contrário do que se pensa, seguem uma lógica que norteia sua mobilidade espacial pela cidade. Em busca de estratégias de sobrevivência, a população em situação de rua acaba ressignificando os espaços urbanos.
 
Outro aspecto interessante levantado pela pesquisa é mostrar que essa população vista, por nós, a partir de um ponto de vista homogeneizador, se organiza em zonas morais distintas. A partir delas classificam e gerenciam seus cotidianos, excluindo parcelas de pessoas que se diferenciam segundo seus hábitos.
 
O livro estará disponível para a venda na Livraria do IPP e será autografado pelo autor após o debate.
 



Informações sobre o Rio

 



 

Aplicativos Aplicativos