Portal Refloresta Rio já está disponível no DATA.RIO

03/12/2020 13:24:00


 
 
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente lançou, na última segunda-feira (30/11), o portal Refloresta Rio em comemoração ao 34º aniversário do programa de reflorestamento de encostas do município. Criado a partir do Sistema de Informações Urbanas (Siurb), coordenado pelo Instituto Pereira Passos (IPP), o acesso também está disponível no DATA.RIO. 
 
 
 "É ótimo que os órgãos tenham autonomia para criar seus painéis, mapas e portais de divulgação de dados a partir da infraestrutura e de todo o sistema que a gente coordena e disponibiliza", diz Felipe Mandarino, coordenador de Informações da Cidade do IPP.  
 
 
De acordo com a coordenadora de Áreas Verdes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Débora de Barros, a criação do portal visa maior divulgação do trabalho de reflorestamento. Para isso, a secretaria criou um questionário online no portal participa.rio para que a população opinasse sobre o que gostaria de saber a respeito dos projetos. Após dois meses de pesquisa no ar, as curiosidades e dúvidas das pessoas foram compiladas na plataforma. 
 
 
"O Refloresta Rio é um portal em resposta à sociedade para que ela conheça mais o trabalho que é executado e também possa contribuir mais com a prefeitura e com a Secretaria de Meio Ambiente. Na pesquisa, tivemos participação de diferentes classes sociais, regiões do município e faixas etárias. Então, a intenção dessa criação, além da comemoração aos 34 anos do reflorestamento, é uma transparência maior e divulgação dos trabalhos de um programa de governo tão bacana", completa a coordenadora.  
 
 
Débora aponta que o Refloresta Rio representa todos os projetos de reflorestamento do município, que acontecem por meio dos programas Mutirão Reflorestamento e Rio Verde Novo. O primeiro, que atua desde 1986, utiliza mão de obra da comunidade para fazer a execução dos serviços. Com ajuda da associação de moradores local, a secretaria seleciona os participantes, que recebem uma bolsa de auxílio de custo.  
 
 
"A comunidade apoia, defende o programa devido aos inúmeros benefícios: aumento da biodiversidade, atração de fauna, recuperação de nascentes, contenção de invasão, alteração do microclima, entre diversos outros benefícios que o projeto traz. O Mutirão Reflorestamento é um programa socioambiental", explica Débora.  
 
 
Criado em 2011, o Rio Verde Novo contempla projetos custeados por empresas que precisam pagar medidas compensatórias e são executados por mão de obra terceirizada. Desde então, foi possível aumentar a cobertura verde da cidade em aproximadamente 900 hectares, com o plantio de mais de 2 milhões de mudas.



Aplicativos Aplicativos