Programa Territórios Sociais promove ação social no Complexo do Alemão

04/09/2019 17:35:00


Neste sábado (31/08), a primeira ação social da nova fase do Programa Territórios Sociais da Prefeitura do Rio de Janeiro, em parceria com a ONU-Habitat, atendeu mais de 1.400 moradores do Complexo do Alemão. Com o apoio do DETRAN e da Fundação Leão XIII, ofereceu à população diversos serviços, desde a emissão de documentos até a inscrição para o Programa Minha Casa Minha Vida.

 

 

"O grande objetivo dessa iniciativa é trazer para mais perto da comunidade os serviços que ela mais necessita, promovendo o direito à cidade para as famílias que, por algum motivo, ainda estão invisíveis para a rede municipal", explicou Andrea Pulici, coordenadora de Projetos Especiais do Instituto Pereira Passos (IPP) e representante do IPP no programa.

 

Entre os serviços mais procurados no território, tiveram destaque a solicitação de  documentos civis como a 2ª via de certidão de nascimento, de casamento e de óbito com 162 atendimentos; assim como aqueles relacionados a emprego e renda, que somaram 157 atendimentos, incluindo emissão de carteira de trabalho, inscrições no Programa Jovem Aprendiz e encaminhamento para entrevista de emprego.  Os moradores tiveram a oportunidade de participar, ainda, de ações de promoção da saúde, com orientações sobre a prevenção de infecções sexualmente transmissíveis, saúde bucal, tabagismo, além de sessões de auriculoterapia e massoterapia.

 

 

No total, essa fase do Programa irá beneficiar mais de 420 mil pessoas que vivem nos grandes complexos de favela da cidade com os menores Índices de Progresso Social (IPS): Alemão, Maré, Chapadão, Pedreira, Vila Kennedy, Lins, Penha, Cidade de Deus, Jacarezinho e Rocinha.  Todos esses grandes complexos serão contemplados por essa ação social realizada no Alemão.

 

Focado nas famílias em situação de extrema pobreza, o programa tem como  objetivo reduzir a vulnerabilidade social por meio de um conjunto integrado de ações públicas.  Para isso é coordenado por um comitê gestor com representantes da Secretaria da Casa Civil, do Instituto Pereira Passos (IPP) e das secretarias de Saúde; de Assistência Social e Direitos Humanos; de Educação; de Infraestrutura e Habitação; de Cultura; e de Desenvolvimento, Emprego e Inovação.  A ONU-Habitat entra como um parceiro importante que contribui com sua expertise metodológica e experiências internacionais.




Informações sobre o Rio

 



 

Aplicativos Aplicativos