Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro

 

 


 

Polio e Sarampo: Prefeitura do Rio prorroga vacinação

13/09/2018 10:04:00


Pais e mães que ainda não levaram seus filhos de 1 a 4 anos para tomar as vacinas da campanha contra a poliomielite e o sarampo terão mais uma chance para proteger as crianças contra essas doenças tão perigosas. A campanha foi prorrogada mais uma vez, até o dia 22 de setembro. A vacina é a forma mais segura de evitar que essas doenças, que podem causar morte ou sequelas gravíssimas, voltem a ocorrer.

 

"Levar os filhos para tomar as vacinas é um ato de amor. O Brasil tem um passado marcado por crianças mortas ou incapacitadas pela paralisia infantil e pelo sarampo. Precisamos evitar que esse cenário volte ao nosso país e a responsabilidade é de cada um de nós. Não podemos baixar a guarda contra essas doenças tão perigosas", alerta a secretária municipal de Saúde, Beatriz Busch.

 

Até o último sábado (8), foram vacinadas no município do Rio 239.657 crianças contra o sarampo (tríplice Viral) e 230.201 contra a paralisia infantil (VOP). Os números equivalem a 79,7% de cobertura da primeira vacina e 76,6% da segunda. A meta é que 95% dos meninos e meninas na faixa etária sejam protegidas contra as duas doenças na campanha. Mesmo as crianças que estão com as vacinas em dia devem tomá-las na campanha, como reforço.

 

Este ano, o município do Rio registrou 15 casos de sarampo. Já a poliomielite não tem ocorrência no Brasil desde 1990, mas a queda da cobertura vacinal deixa as autoridades sanitárias preocupadas, porque o vírus pode voltar a circular no país. 

 

As contraindicações para as duas vacinas são: hipersensibilidade grave conhecida a algum componente do insumo, imunodeficiência e quem tenha história de evento adverso grave em dose anterior da vacina. É Importante levar a Caderneta de Vacinação, para avaliação da situação vacinal. Em caso de dúvidas, os pais ou responsáveis poderão pedir orientação ao profissional na unidade de saúde.  




Serviços Serviços