Fundação Parques e Jardins - FPJ
Centro Presente eleva a sensação de segurança na região da Praça da República

26/01/2017 16:40:00


A gestão da Fundação Parques e Jardins reafirma seu compromisso com a segurança e a ordem pública neste mês de janeiro, além de revitalizar a área com a limpeza e a reforma das estátuas. A equipe de policiamento ostensivo do Centro Presente, comandada pelo Tenente Cruz, vem realizando um excelente trabalho no campo de Santana e nos seus arredores, contribuindo para uma diminuição da ordem de 95% de crimes como furto, roubo e tráfico de drogas.

 

 

Segundo o Sargento Acácio Gomes, o objetivo do Centro Presente é "coibir furtos, roubos e tráfico de drogas, quando esta modalidade de crime se configura". Além disso, a patrulha do Centro Presente também realiza algumas prisões preventivas no intuito de evitar possíveis casos de violência. O Sargento afirma que "recentemente, foi apreendido um elemento portando uma lâmina maior que vinte centímetros, o que é considerado uma arma branca. O elemento foi encaminhado para a delegacia e preso posteriormente".

 

 

Uma ocorrência comum na região é a presença de foragidos da justiça de outros estados, que são reencaminhados aos seus estados de origem para dar sequência ao devido processo legal.

 

 

É importante frisar que o apoio dos moradores da região é fundamental para o sucesso do projeto Centro Presente. O Sargento Osvaldo Pessoa afirmou que "em um desses dias, fomos avisados por whatsapp que havia um sujeito andando com inúmeros celulares em sua mochila. Conseguimos abordá-lo, mediante a denúncia dos moradores, e descobrimos que os celulares em posse deste indivíduo eram fruto de roubos. Encaminhamos à delegacia". Os moradores e os policiais compartilham um grupo de whatsapp a fim de trocar informações sobre pessoas suspeitas que circulam na região. Além disso, é necessário ressaltar que os moradores de rua não tem sido alvos das operações policiais. Na maioria dos casos, os moradores de rua colaboram com o combate ao crime.

 

 

O Tenente Cruz resumiu os próximos objetivos do Centro Presente em três pontos: "a continuidade do projeto, a conquista do apoio total dos moradores e o trabalho com estímulo por parte de cada agente são as nossas três prioridades". Ele também rendeu agradecimentos ao Capitão David Ricardo Gonçalves, ao Tenente Avelar e ao Tenente Gabriel.

 

 

Outros números importantes do Centro Presente são mais de seiscentas prisões efetuadas na região do Campo de Santana e da Central do Brasil. Somente no dia 26 de janeiro, data em que foi feita a matéria, houve três conduções à delegacia da Lapa. Uma delas levou às autoridades policiais um autor de um homicídio foragido da justiça e sua prisão preventiva foi decretada.

 

 

São com essas parcerias que a gestão da Fundação Parques e Jardins quer garantir a segurança e a ordem dos cidadãos que frequentam todos os dias o parque. É necessário reafirmar que a segurança pública é um dever de todos. O Centro Presente continuará exercendo suas operações de rotina, contribuindo ainda mais para a queda das taxas de criminalidade. Contamos com a colaboração de todos os cidadãos.


Imagens relacionadas:


» cp (1)







» cp (2)







» cp (3)








Serviços Serviços