Fundação Parques e Jardins - FPJ
Representantes da sociedade civil e escoteiros plantam árvores no Passeio Público

14/12/2016 08:25:00


Para selar um ano que contou com a participação da sociedade na gestão de áreas verdes, a Fundação Parques e Jardins realizou um plantio de árvores no Passeio Público, no Centro do Rio, no último sábado (10) com a participação representantes de associações amigos de bairros e representantes de coletivos. Também participou da ação o 87º Gear (Grupo de Escoteiros do Ar Brownsea), que além do plantio, fez uma homenageou ao presidente da FPJ, Everton Gomes, e a Aurélio Rocha, gestor do Passeio Público e do Campo de Santana. Eles receberam lenços de escoteiros.

 

 

"Estou muito feliz de estar aqui com vocês, que participaram da gestão. Quero contar sempre com vocês para ter parques bonitos em toda cidade", disse Everton Gomes, presidente da FPJ.

 

 

Depois de receberem os lenços do presidente da 87ª Gear, José Carlos Cardoso, os membros da FPJ, fizeram o juramento e a saudação dos escoteiros. "Sejam bem-vindos à família do 87º Gear", saudou José Carlos.

 

 

Ao fim da cerimônia com os escoteiros, a contadora de histórias Paulinha Cavalcanti, dos coletivos Passarinho Encantado e Vento Sutil, contou uma história e encantou os lobinhos. "Sempre que procurei pude contar com a FPJ para nossos eventos. Quero mostrar uma ideia de ocupação do Passeio", disse a contadora.

 

 

Na sequência foram realizados os plantios de mais de 20 árvores pelos convidados.

 

 

"É um prazer muito grande plantar essa árvore aqui", disse Akemi Hirose, do coletivo Meu Passeio é Público.

 

 

Outros diversificaram no jeito de fazer o plantio, como Wilson Domingues, do Coletivo XV, que representa os skatistas da Praça 15. Ele usou o skate para plantar seu Jambo Vermelho.

 

 

Já Anna Fernanda Montenegro fez desejos ao plantar uma mangueira.

 

 

"Que essa árvore nos traga um ano leve e de conquistas", pediu.

 

 

O Passeio Público foi revitalizado com o replantio de espécies de árvores, mais de 400 arbustos, 72 mil mudas de forração – plantas que dão acabamento paisagístico – e aproximadamente 5 mil metros quadrados de grama. Primeiro parque público urbano da América Latina, o espaço foi projetado pelo mestre Valentim da Fonseca e Silva e inaugurado em 1783 e ganhou novo traçado feito por Auguste François Marie Glaziou, paisagista francês, no século 19.

 

 

 

Participaram do plantio os seguintes representantes de coletivos de associações:

 

Akemi Hirose, do coletivo Meu Passeio é Público

 

Alan Soares, motorista da FPJ, plantou um Ipê-Amarelo

 

Anna Fernanda Montenegro, da Dançarte, plantou uma mangueira

 

Aurélio Rocha, gestor do Passeio Público e Campo de Santana, plantou um Flamboyant

 

Escoteiros Lucas Lima, Lucas Brasil, Ster Soares e Gustavo Fonseca, do 87º Grupo de Escoteiros do Ar, plantaram um flamboyant

 

Fábio Pequeno, assessor da FPJ, plantou uma Embaúba

 

Flávio Lara, da Associação de Amigos do Parque Ary Barroso, plantou um Flamboyant

 

José Britz, presidente da Associação de Moradores e Amigos de São Conrado, e sua mulher, Eva Britz, plantam um jerivá

 

Márcio e Paola Siqueira, da Artesanos Barber Shop, adotantes de um canteiro na avenida Rio Branco, plantaram uma palmeira Jerivá

 

Maria João Gaio e João Luiz Lemos, do Conselho Comunitário de Segurança Pública do Centro Histórico e Lapa, plantaram uma Jerivá

 

Paulinha Cavalcanti, contadora de história do Passarinho Encantado e do coletivo Vento Sutil, plantou uma saboneteira

 

Reinaldo Santos, assessor da FPJ, plantou uma Palmeira Leque

 

Rodrigo Moitrel, do Rio ao Ar Livre, plantou uma ardísia

 

Rogéria e Ricardo Rabello, do site Bafafá, plantaram uma palmeira Jerivá

 

Rosângela Rezende, presidente da Associação dos Amigos do Campo de Santana, plantou uma acácia

 

Saulo de Andrade, vice-presidente da AMA Glória, também plantou um Flamboyant

 

Sidney Sardinha, o Hulk, servidor da FPJ, plantou um Flamboyant

 

Simone Montenegro, da Associação de Moradores da Praça Cruz Vermelha, plantou um Flamboyant

 

Washington Santos, da AMA Riachuelo, plantou uma Embaúba

 

Wilson Domingues, é do Coletivo XV, usou o skate para plantar um Jambo Vermelho


Imagens relacionadas:













































































































































































































































































Serviços Serviços