Defesa Civil

 

 

 

 

Projeto Defesa Civil nas Escolas: Temporada 2016

 

 

A Defesa Civil Municipal iniciou a temporada 2016 do Projeto Defesa Civil nas Escolas. O Projeto tem por objetivo incorporar conceitos de redução de riscos de desastres e acidentes à educação escolar, tendo como público alvo os alunos do quinto ano do ensino fundamental, com faixa etária entre 10 e 11 anos de idade.

 

 

Para este ano, além das escolas da rede municipal de ensino, o Projeto irá atender escolas particulares, aumentando ainda mais o alcance desta importante formação às crianças.

 

 

O Projeto Defesa Civil nas Escolas está sendo trabalhado desde 2013, buscando esclarecer as principais ameaças envolvendo a cidade e suas consequências; a sensibilização dos alunos visando o estímulo da discussão do tema prevenção em ambiente familiar; além de prover noções de primeiros socorros e incentivo à cultura de prevenção desde a mais tenra idade.

 


 

Em abril, os profissionais do Centro de Treinamento da Defesa Civil Municipal visitaram as unidades escolares participantes do projeto para uma rodada de instrução e esclarecimento junto aos professores, além da entrega do material didático. Os professores, que atuam de forma multidisciplinar, inserem, no dia a dia dos alunos, os conceitos de redução de riscos, educação ambiental e prevenção a acidentes domésticos.

 

 

Entre os meses de maio e junho, os profissionais do Centro de Treinamento da Defesa Civil retornaram às escolas para a atividade de percepção e mapeamento de risco, em atividade que consiste no estímulo à identificação de situações problemáticas na área do entorno da escola, medidas de prevenção/redução a estes riscos e contatos (telefones úteis) em caso de emergência.

Entre os meses de julho a outubro foram trabalhados um módulo de primeiros socorros, em parceria com a Cruz Vermelha Brasileira e um módulo que simula uma desocupação em caso de situação de risco, este último conduzido pelo Centro de Treinamento da Defesa Civil.

No mês de novembro encerramos o projeto realizando uma cerimônia de formatura com as escolas participantes, onde os alunos recebem certificado e um colete de Agente Jovem.

 

 

Espera-se que, no futuro, este trabalho venha a contribuir com a formação de gerações capazes de enfrentar, se adaptar e absorver impactos relativos a desastres, bem como contribuir para o retorno à normalidade com maior rapidez, ou seja, a construção de uma sociedade mais resiliente.