Companhia Municipal de Limpeza Urbana – COMLURB
Comlurb segue garantindo a limpeza dos pontos atingidos pelas fortes chuvas

04/03/2020 14:24:00


A Comlurb mantém suas equipes operacionais nas ruas desde sábado (29/02) para garantir a limpeza completa de todos os pontos fortemente atingidos pelo temporal. Os locais mais críticos estão merecendo um planejamento diferenciado da Companhia, como a comunidade da Boiuna e diversas vias da Taquara; e as comunidades do Barata, em Realengo; do Muquiço, entre Deodoro e Guadalupe; da Vila do Sapê, em Curicica, e da Carobinha, em Campo Grande. Em toda a operação especial de chuvas, nas diferentes regiões da cidade, a Comlurb já removeu 9.525 toneladas de resíduos, basicamente, lama, terra, entulho e bens inservíveis, em 288 ocorrências, a grande maioria relacionada a bolsões d´água. A Companhia fez ainda a desobstrução de 4.888 caixas de ralo, a raspagem de 67.505m² de lama e terra.  A cidade registrou ainda 23 quedas de árvore e um grande galho, todos já solucionados. Nesta quarta-feira, a operação especial chuvas contou com 4.736 garis, 86 caminhões para remoção de resíduos, e 37 pás carregadeiras. Em todos os pontos mais críticos, estão sendo realizados os serviços de limpeza de ralo, raspagem de lama e terra, e remoção de entulho e bens inservíveis.

A Comlurb atuou nesta quarta-feira na limpeza da comunidade Boiuna e em diversas vias da Taquara, com 91 garis, dez caminhões coletores e duas pás carregadeiras.  Desde domingo já foram recolhidas 506,3 toneladas de resíduos dessas áreas. Uma outra equipe iniciou na terça-feira o trabalho na comunidade Vila Sapê, em Curicica, com a remoção de 23 toneladas de resíduos. As equipes da Companhia também estão com grande contingente na comunidade do Barata e desde domingo já foram tiradas 659,2 toneladas de resíduos das ruas. Nesta quarta, são 85 garis, 14 caminhões e três pás carregadeiras. A Companhia iniciou na terça-feira o serviço na comunidade da Carobinha, em Campo Grande, e recolheu 58,8 toneladas em dois dias. Na Zona Norte, o ponto mais crítico é na Comunidade do Muquiço. A Companhia disponibilizou para esta quarta-feira para lá, 68 garis, oito caminhões e três pás, e o trabalho inclui Parque Colúmbia e Sapopemba. Até agora, foram tiradas 243,8 toneladas de resíduos do Muquiço desde domingo.

A Comlurb aproveita para destacar a importância da colaboração da população no descarte correto de seu lixo domiciliar. A Companhia solicita que, em casos de grandes precipitações, a população aguarde o término das chuvas para ofertar seus resíduos para o caminhão de coleta.

 




Serviços Serviços